Notícias

“Viva o Taquari Vivo” – Ação socioambiental conta com o voluntariado de colaboradores da Languiru

10/04/2018

Pessoas recebendo instruções de segurança, colocando equipamentos de proteção e recebendo punhados de sacos plásticos. Grupos entrando mata adentro ou indo em direção às canoas posicionadas nas margens do rio. Toda essa movimentação ocorreu na manhã do dia 07 de abril, quando mais de 800 voluntários participaram de mobilização regional que diminuiu a poluição do Rio Taquari. A 12ª edição do “Viva o Taquari Vivo” encaminhou cerca de quatro toneladas de lixo para reciclagem, ocorrendo simultaneamente em Lajeado, Estrela, Arroio do Meio, Bom Retiro do Sul, Cruzeiro do Sul e Venâncio Aires.

Colaboradores da cooperativa deram lição de cidadania e de respeito ao Meio Ambiente (Fotos: Divulgação Cooperativa Languiru)

O movimento contou com a participação de entidades, empresas, organizações, proprietários de embarcações e cidadãos. A Cooperativa Languiru, como organização que estimula atividades de preservação do Meio Ambiente, também esteve representada por meio de colaboradores da Fábrica de Rações de Estrela. Da mesma forma, também participaram da limpeza do rio o engenheiro ambiental Tiago Feldkircher e o engenheiro eletricista Eduardo Schedler, profissionais que atuam no setor de Engenharia Corporativa.

 

Incentivo

 

A auxiliar de vendas da Fábrica de Rações, Kátia Roberta Brum Schardong, esteve presente pela primeira vez no mutirão. Revela que já andou outras vezes de caiaque no rio e, durante os passeios, notou muita sujeira. Inconformada com a situação, decidiu participar do Viva o Taquari Vivo. “A Languiru ganha com isso, porque vê que seus colaboradores estão preocupados com o bem-estar da sociedade. Vemos que a cooperativa apoia este tipo de iniciativa”, acredita.

Movimento recolheu em torno de quatro toneladas de lixo no Rio Taquari

 

De brinquedos até sofás e televisores

 

O supervisor de produção da Fábrica de Rações, Flávio Miguel de Biasi Cavalheiro, participou pela segunda vez do projeto. Queria fazer algo para contribuir com o Meio Ambiente e confessa que ficou triste pelo volume de lixo encontrado, tanto nas margens como dentro do Rio Taquari. “Encontramos desde brinquedos até sofás e televisores”, menciona. Cavalheiro entende que os colaboradores da cooperativa que participam da ação tendem a refletir sobre o problema, seja em casa ou no trabalho. “Acaba despertando uma consciência coletiva sobre separação e reciclagem do lixo”, afirmou.

 

Síntese do projeto

 

O objetivo da ação foi reforçar a necessidade de preservar o Meio Ambiente e incentivar a população a ser agente de mudança. A iniciativa foi uma realização da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) e Parceiros Voluntários – Unidade Lajeado, que conta com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente de Venâncio Aires. Em 2017 já haviam sido retiradas das águas e margens do rio mais de 3,9 toneladas de lixo. Conforme a organização, se somadas todas as edições, já foram retiradas 37 toneladas de lixo do Rio Taquari.

 

 

 

TEXTO – Éderson Moisés Käfer e Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Dia do Colono e do Motorista

No campo, a tecnologia. Na estrada, a fé

Gratidão ao cooperativismo

“Eu sei mais ou menos como é o céu, é tão bonito, tão leve”

Tecnologia

Aplicativo reúne e fornece informações sobre captação de leite na propriedade rural

Dia C

Languiru lança segunda edição de projeto de gastronomia direcionado a comunidades carentes

Gestão e Liderança Cooperativa

Languiru inicia nova edição de curso previsto no Estatuto e Sistema de Governança

Expansão

Cooperativa Languiru inicia coleta de leite na Região Sul do Estado

Segurança pública

Languiru auxilia nas reformas do Presídio Estadual de Lajeado

Curso de Sucessão Familiar

“Eu quero ficar aqui, seguir em frente, investir e aumentar a produtividade”

Agrocenter

Languiru investe em loja modelo para o segmento de máquinas e implementos agrícolas

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.