Notícias

Sucessão Rural

A satisfação pelo trabalho motiva os jovens a seguirem no agronegócio familiar

12/04/2021

Grasieli Nabinger e Leandro Augusto Hamester

Pesquisa da Universidade Federal de Santa Maria ouviu associados da Cooperativa Languiru em oito municípios do Vale do Taquari

A propriedade rural de Werno (75) e Irga Schröer (76) tornou-se agronegócio familiar em 1978. A filha, Eliane (47), tão logo pôde, passou a ajudar os pais na lida do campo. Quando casou, convidou o marido a agregar mão de obra à propriedade. Do casamento entre Eliane e Fernando Horst (49), nasceu Vinicius Horst (21). Tal qual a mãe, o filho acompanhou desde cedo a rotina da propriedade.

Localizada em Linha Berlim, interior de Westfália, a propriedade de 17 hectares é espaço para a família desenvolver a produção de leite, suínos e aves. Fernando e Eliane são os principais responsáveis pela gestão e funcionamento da propriedade atualmente. Entretanto, Vinicius já tem voz na tomada de decisões.

Três gerações cuidam da propriedade localizada no interior de Westfália (Fotos: Grasieli Nabinger)

O jovem é o primeiro da família a buscar especialização na área. Técnico em Agropecuária, Vinicius conta que, mesmo com experiência nos processos, o curso agregou conhecimento teórico ao prático. A partir da formação, a família enxergou a necessidade de investir em uma área específica do agronegócio.

“Temos três atividades bastante diversificadas. Decidimos direcionar para a avicultura”, comentam. Atualmente, são dois aviários em funcionamento e a família investe na construção do terceiro. Para Fernando, um incentivador para a permanência no campo é, justamente, a existência da estrutura criada pelos avós e continuada por ele e sua esposa.

“Ele ajuda no aviário, na estrebaria, no chiqueiro. Em tudo”, orgulha-se a avó. Mesmo com toda dedicação exigida pelo trabalho no campo, Vinicius nunca se sentiu atraído por rotinas com horários fixos, como a de empregos na área urbana. “Eu gosto. Faço por prazer. Então não é tão judiado”, destaca.

Vinicius formou-se Técnico em Agropecuária

Pesquisa

O fator decisório que fez Vinicius seguir o agronegócio familiar, é o mesmo para a maioria dos jovens sucessores, de acordo com uma análise realizada pelo Núcleo de Pesquisa e Extensão em Agronegócios da Universidade Federal de Santa Maria. Foram 60 entrevistados com idades entre 18 e 30 anos, nos municípios de Teutônia, Westfália, Colinas, Estrela, Maratá, Poços das Antas, Paverama e Imigrante.

Resultados da pesquisa foram apresentados em fevereiro (Foto: Leandro Augusto Hamester)

A pesquisa constatou que a vontade e o gosto pela atividade agrícola motivaram 80% dos jovens a permanecerem no meio rural; ter apenas um filho na família foi motivação para 21,67% dos jovens; e a busca por estudos e especialização na área foi destacada por 18,33% dos produtores.

Mais de 80% dos entrevistados sentem-se preparados para assumir a propriedade, enquanto 18,33%, não. A inserção nas atividades como forma de preparação foi elencada por quase 86% dos jovens; diálogo com os pais para 36,73% dos jovens; e cursos e capacitações para 18,37% dos jovens.

Os sucessores destacaram os programas e ações desenvolvidas pela Cooperativa Languiru, bem como apoio para implantação ou ampliação das estruturas nas propriedades. Ainda assim, constatou-se que fatores decisórios espontâneos, como os citados por Vinicius, pesam mais fortemente, assim como a autonomia e a preparação para a sucessão. A pesquisa “Análise da Sucessão Geracional em Propriedades Rurais de Associados da Cooperativa Languiru” contou com o trabalho da equipe da UFSM: professores Adriano Lago e Rosani Marisa Spanevello; bolsista do projeto Mestre em Desenvolvimento Rural, Mariele Boscardin; mestrandas em Agronegócios, Camila Weber e Gabrieli dos Santos Amorim; bolsista do projeto e estudante de Administração, Vitória Benedetti de Toledo; e da bacharel em Administração, Paola Francine Brizola. Os resultados do levantamento foram apresentados à Languiru no mês de fevereiro.

Núcleo de Pesquisa e Extensão em Agronegócios da Universidade Federal de Santa Maria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Grãos e hortifrúti

Languiru sela parceria com a Philip Morris

Dia do Colono e do Motorista

No campo, a tecnologia. Na estrada, a fé

Gratidão ao cooperativismo

“Eu sei mais ou menos como é o céu, é tão bonito, tão leve”

Tecnologia

Aplicativo reúne e fornece informações sobre captação de leite na propriedade rural

Dia C

Languiru lança segunda edição de projeto de gastronomia direcionado a comunidades carentes

Gestão e Liderança Cooperativa

Languiru inicia nova edição de curso previsto no Estatuto e Sistema de Governança

Expansão

Cooperativa Languiru inicia coleta de leite na Região Sul do Estado

Segurança pública

Languiru auxilia nas reformas do Presídio Estadual de Lajeado

Curso de Sucessão Familiar

“Eu quero ficar aqui, seguir em frente, investir e aumentar a produtividade”

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.