Notícias

SIPAT – Palestras alertam sobre perigos da omissão e da má conduta

10/08/2018

Entre os dias 23 e 27 de julho ocorreu a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT) da Languiru, organizada pelo Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), em conjunto com as Comissões Internas de Prevenção de Acidentes (CIPAs).

Levando em consideração o lema “Qualidade de vida no trabalho – viva melhor e viva mais”, experientes profissionais conduziram palestras que tiveram a finalidade de instruir e enfatizar a prevenção de acidentes de trabalho. A programação envolveu funcionários dos diversos setores administrativos, comerciais, industriais, técnicos, de produção e de varejo da cooperativa.

 

Ótima oportunidade para relembrar conceitos

 

Para o técnico em Segurança do Trabalho, Afrânio Wiethölter, as palestras serviram para os colaboradores repensarem atitudes e mudarem hábitos. Observou que, por vezes, as pessoas cumprem a sua jornada sem preocupação com a segurança e seu bem-estar. “Esses cuidados devem estar presentes diariamente, sempre com o intuito de preservar o nosso bem maior que é a saúde e a integridade física. A SIPAT é uma ótima oportunidade para relembrar esses conceitos em nosso local de trabalho”, afirmou.

 

Álcool e drogas

UPL de Bom Retiro do Sul recebeu palestra sobre álcool e drogadição (Foto: Éderson Moisés Käfer)

 

Uma das palestras que mais chamou a atenção dos colaboradores foi sobre o tema “Álcool e drogas”. O enfermeiro da Área Promocional da Saúde da Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo, Luís Felipe Pissaia, defendeu a necessidade de se ter um alerta constante no combate ao uso dessas substâncias psicoativas. Lembrou que as drogas estão em todo lugar e que, geralmente, o uso está relacionado à depressão. “A sensação é de prazer no início, no entanto, o usuário pode virar dependente com o tempo”, avisou. As drogas lícitas receberam atenção especial. “A dependência de álcool é muito complicada. A família adoece junto em função do sofrimento mental e psicológico”, alertou.

 

Manipulação de produtos químicos

Manipulação de produtos químicos foi um dos temas abordados na programação que envolveu colaboradores dos Incubatórios (Foto: Éderson Moisés Käfer)

 

A gerente de Qualidade e Produção da American Nutrients, Luise Huebner, palestrou sobre a manipulação de produtos químicos no ambiente de trabalho. Ela mencionou exemplos de situações ou agentes com capacidade de causar danos, acidentes, lesões, doenças ocupacionais e reduzir a qualidade de vida do trabalhador. Luise procurou ser esclarecedora sobre os tipos de substâncias inflamáveis, corrosivas e tóxicas. Destacou que é necessário ler atentamente as instruções dos rótulos, nunca armazenar os produtos químicos em recipientes fechados e liberar o manuseio somente a pessoas que receberam orientação. “Todos os trabalhadores que manuseiam produtos químicos devem ter passado por algum tipo de treinamento. Da mesma forma, é indispensável o uso de equipamentos de proteção individual. A contaminação pode ocorrer através da pele, respiração ou contato com a boca”, complementou.

 

Doenças sexualmente transmissíveis

DSTs pautaram palestra para funcionários do Departamento Técnico, lojas Agrocenter e Sede Administrativa (Foto: Leandro Augusto Hamester)

 

O enfermeiro Maicon Pedra, que também atende à Secretaria da Saúde de Teutônia, abordou o tema das doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Trouxe números preocupantes quanto ao registro de casos no município e na região, especialmente relacionados ao HIV. “Quando esses casos chegam até os órgãos de saúde, geralmente já estão em estágio avançado”, alertou, detalhando formas de transmissão e sintomas. “O acompanhamento médico é fundamental, assim como o diálogo com o parceiro sexual. A maioria das DSTs é de fácil resolução quando tratada da maneira correta e no tempo certo. Muitas pessoas têm vergonha de procurar o serviço de saúde, mas mais vale prevenir do que remediar”, sugeriu, informando que atualmente Porto Alegre é reconhecida como a capital nacional do HIV.

 

Ansiedade e depressão

Ansiedade e depressão foram aspectos tratados junto aos colaboradores da Central de Distribuição de Teutônia (Foto: Leandro Augusto Hamester)

 

A psicóloga da Famit, Samanta Wessel, alertou para “Doenças silenciosas – ansiedade e depressão”, chamando atenção para os sintomas e o acesso à informação. “O Brasil é o país mais ansioso do mundo e somos o 5º com mais casos de depressão. São duas áreas da saúde com muitos mitos e tabus a serem superados, onde a prevenção é muito importante, aliada à atenção da família, dos amigos e colegas”, disse. Ela também enumerou alguns dos principais sintomas e causas das doenças. “O tratamento exige o acompanhamento de profissional da saúde”, referendou, citando o Centro de Valorização à Vida (CVV), pelo fone 188, como importante aliado com acesso gratuito em todo Brasil.

 

 

TEXTO – Éderson Moisés Käfer e Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Lançamento

Languiru apresenta os Soltinhos de Frango, mais facilidade e praticidade na cozinha

Aprendizado no campo

Programa Aprendiz Cooperativo concilia teoria com prática nas propriedades rurais

Clinic Care

Farmácias Languiru oferecem serviços especiais aos associados e clientes

Campanha

Languiru e Shopping Lajeado realizam promoção que sorteia R$ 34 mil em vales-compras

Futuro no campo

Languiru recebe inscrições para terceira edição do Programa de Sucessão Familiar

Inovação

Lançamento de plataforma digital para o agro ocorre no dia 20 de abril

Melhoramento genético

Chegou versão atualizada do Catálogo de Touros

Sucessão Rural

A satisfação pelo trabalho motiva os jovens a seguirem no agronegócio familiar

Inovação RS

Leite Languiru Origem é destaque em alimentos e bebidas premium

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.