Notícias

Programa de Sucessão Familiar – Jovens ampliam entendimento sobre indicadores da propriedade rural

19/02/2019

Identificar os parâmetros mais apropriados para que o produtor rural tome uma decisão correta, diminuir a imprevisibilidade e melhorar a eficiência da produtividade. Esse foi o contexto trabalhado na segunda aula do ano do Programa de Sucessão Familiar Languiru, que ocorreu no dia 14 de fevereiro, na Associação dos Funcionários da Languiru.

Troca de informações entre os jovens produtores é constante (Fotos: Éderson Moisés Käfer)

O professor Martin Schulz comentou que os modelos mais comuns de indicadores são os estratégicos, táticos, funcionais, de qualidade e de produtividade. Ressaltou que é possível implementar este sistema em diferentes negócios, como agricultura familiar, granjas, incubatórios e fábricas. “Para alcançar sucesso no manuseio de indicadores é necessário ter profissionais com conhecimento no sistema desejado e pessoas dispostas a participar do projeto”, acrescentou.

Schulz aconselhou os jovens a formar um grupo de gestão na propriedade rural e definir indicadores, fórmulas de cálculo e periodicidade da medição. Caso possível, sugeriu registrar os resultados em gráficos ou tabelas. “O ideal é delegar essa função para uma pessoa da propriedade e estabelecer quando, onde e como buscar informações”, explicou. No entanto, o professor alertou os produtores rurais para não tomarem decisões em cima de dados incompletos. “Um bom sistema não é aquele em que há muitos indicadores para serem monitorados, mas sim aquele que assegura que a gestão está sob controle”, reiterou.

Último encontro tratou sobre a implementação e uso do sistema de indicadores

Ele ainda destacou que a maior vantagem da implementação do sistema de indicadores é a possibilidade do produtor rural conhecer o custo-benefício de cada atividade inserida na propriedade rural. “Vocês estão participando de uma revolução cultural e tecnológica no campo. É preciso discutir os rumos da propriedade rural em família, uma vez que o negócio só vai prosperar se todos estiverem engajados”, afirmou.

Em uma das dinâmicas, os estudantes elencaram indicadores mais apropriados para as suas propriedades rurais

Em seguida, o professor conduziu duas dinâmicas: na primeira, a turma foi dividida em grupos com o objetivo de elencar indicadores gerais sobre as produções de aves, leite, suínos e grãos; na segunda, novamente divididos em grupos, os jovens foram incentivados a mencionar os indicadores mais apropriados para a sua propriedade rural.

 

 

 

TEXTO – Éderson Moisés Käfer e Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Dia do Colono e do Motorista

No campo, a tecnologia. Na estrada, a fé

Gratidão ao cooperativismo

“Eu sei mais ou menos como é o céu, é tão bonito, tão leve”

Tecnologia

Aplicativo reúne e fornece informações sobre captação de leite na propriedade rural

Dia C

Languiru lança segunda edição de projeto de gastronomia direcionado a comunidades carentes

Gestão e Liderança Cooperativa

Languiru inicia nova edição de curso previsto no Estatuto e Sistema de Governança

Expansão

Cooperativa Languiru inicia coleta de leite na Região Sul do Estado

Segurança pública

Languiru auxilia nas reformas do Presídio Estadual de Lajeado

Curso de Sucessão Familiar

“Eu quero ficar aqui, seguir em frente, investir e aumentar a produtividade”

Agrocenter

Languiru investe em loja modelo para o segmento de máquinas e implementos agrícolas

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.