Notícias

Programa Alimentos Seguros – Transportadores de leite recebem treinamento teórico e prático

15/04/2016

No final do mês de março e início do mês de abril transportadores de leite que atendem à Cooperativa Languiru participaram de mais uma etapa do treinamento do PAS Leite – Programa Alimentos Seguros (PAS) da Cadeia do Leite no Rio Grande do Sul. O programa é desenvolvido em todo o país e busca qualificar produtores rurais, transportadores e indústrias que integram a cadeia produtiva do leite, visando oferecer condições para atendimento de requisitos de mercado e da legislação nacional, especificamente da Instrução Normativa n° 62/2011, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). É uma iniciativa de âmbito nacional que visa reduzir os riscos dos alimentos à população, atuando no desenvolvimento de tecnologia, metodologia, conteúdos, formação, capacitação de técnicos e produção de materiais técnicos para disseminar e implantar ferramentas de controle em segurança de alimentos.

Conteúdo prático foi apresentado na Granja do Colégio Teutônia, associado da Languiru (Fotos: Leandro Augusto Hamester)
Conteúdo prático foi apresentado na Granja do Colégio Teutônia, associado da Languiru (Fotos: Leandro Augusto Hamester)

Nesse contexto, a Languiru, que possui como característica cultural e histórica a incorporação de rigorosas práticas de qualidade na produção de alimentos, também participa do PAS Leite. A cooperativa enxerga a iniciativa como uma oportunidade que visa aperfeiçoar os procedimentos da pequena propriedade à indústria.

Boas Práticas

 

Dividido em módulos teórico e prático, o curso de Boas Práticas para o Transporte de Leite – PAS Leite Transportadores ocorreu no período de 29 a 31 de março e 1º de abril, com encontros na sala de treinamentos da Indústria de Laticínios para o conteúdo teórico e atividades práticas na Granja do Colégio Teutônia. Participaram da formação transportadores e auxiliares de coleta que atendem a Languiru e os associados da cooperativa.

Iniciativa do MAPA, o programa é compartilhado pelo Sistema “S” (Sebrae, Senai, Sesi, Senac e Sesc) e pretende melhorar a qualidade do leite produzido no Brasil. O PAS Leite atua em várias frentes e os resultados esperados na propriedade rural estão relacionados à redução da Contagem de Célula Somáticas (CCS), redução da Contagem Bacteriana Total (CBT), controle dos resíduos de antibióticos e outros resíduos químicos, redução de bactérias patogênicas e redução da contaminação do leite por micotoxinas (toxinas produzidas por fungos).

Treinamento também reforçou os procedimentos para higienização das mãos
Treinamento também reforçou os procedimentos para higienização das mãos

Entre os resultados pertinentes à coleta e ao transporte, estão: evitar a contaminação do leite por meio da estrutura dos caminhões, manter a higiene dos utensílios e do transportador no momento da coleta, evitar a multiplicação de microrganismos controlando a temperatura do leite e otimizar o tempo de transporte.

Já na indústria, o objetivo do treinamento é aperfeiçoar as Boas Práticas de Fabricação (BPF) e a Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC).

Aulas teóricas

A formação realizada na Languiru foi conduzida pelo consultor do Sistema Fiergs/Senai-RS do Programa Alimentos Seguros, Michael Costa. O conteúdo teórico frisou conceitos de qualidade e segurança do leite, técnicas de identificação e caracterização de perigos no transporte.

Na Indústria de Laticínios, os transportadores relembraram técnicas da captação de leite
Na Indústria de Laticínios, os transportadores relembraram técnicas da captação de leite

Costa reafirmou a importância do leite na alimentação da população mundial e observou que o manejo de ordenha, refrigeração e transporte podem interferir na composição do alimento. “Todos os elos da cadeia são responsáveis pela segurança e qualidade do leite. Nitidamente, é uma questão de saúde pública”, afirmou.

Aulas práticas

No treinamento prático na Granja do Colégio Teutônia, associado da Cooperativa Languiru, os participantes desenvolveram diferentes habilidades, desde a coleta de amostras de leite para análises laboratoriais, ao manejo adequado de ferramentas na transferência do resfriador para o tanque do caminhão. Reforçou também os procedimentos para higienização das mãos.

Comprometimento

O presidente da Cooperativa Languiru, Dirceu Bayer, ressalta que a cooperativa trabalha em conjunto com os órgãos fiscalizadores para continuar dispondo de matéria-prima e produtos de qualidade. “Nosso trabalho sempre primou pela qualidade, característica que nos permitiu conquistar a credibilidade dos produtos Languiru junto aos consumidores”, citou, agradecendo aos transportadores e auxiliares de coleta pelo comprometimento, iniciativa que se junta a outras ações que buscam constantemente a qualidade em todos os processos de produção, desde a propriedade dos associados, transporte, industrialização e distribuição dos produtos Languiru.

TEXTO – Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Aprendizado no campo

Programa Aprendiz Cooperativo concilia teoria com prática nas propriedades rurais

Clinic Care

Farmácias Languiru oferecem serviços especiais aos associados e clientes

Campanha

Languiru e Shopping Lajeado realizam promoção que sorteia R$ 34 mil em vales-compras

Futuro no campo

Languiru recebe inscrições para terceira edição do Programa de Sucessão Familiar

Inovação

Lançamento de plataforma digital para o agro ocorre no dia 20 de abril

Melhoramento genético

Chegou versão atualizada do Catálogo de Touros

Sucessão Rural

A satisfação pelo trabalho motiva os jovens a seguirem no agronegócio familiar

Inovação RS

Leite Languiru Origem é destaque em alimentos e bebidas premium

Desempenho

Em assembleia digital, Languiru apresenta faturamento histórico de R$ 1,8 bilhão

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.