Notícias

Palestra aborda doenças e parasitas que acometem o gado leiteiro

02/04/2018

A Câmara de Vereadores de Tabaí/RS foi palco de importante evento técnico no dia 23 de março, quando um grupo de produtores de leite do município e de localidades vizinhas, recebeu informações sobre doenças e parasitas que atingem os bovinos. O encontro foi prestigiado tanto por vereadores como por secretários municipais e registrou a presença de dezenas de associados da Cooperativa Languiru.

Produtores de leite receberam ensinamentos para combater doenças e parasitas do rebanho (Foto: Divulgação Cooperativa Languiru)

A pauta do evento foi tratada por três profissionais do Setor de Leite do Departamento Técnico da Languiru. O engenheiro agrônomo Fernando Staggemeier e o técnico em Agropecuária Tiago Schneider esclareceram questões mercadológicas e citaram as vantagens que a cooperativa oferece ao quadro social. Já o médico veterinário Diogo Cord transmitiu ensinamentos sobre aspectos sanitários que interferem na produção de leite.

 

Prevenção e combate de doenças

 

Cord enfatizou medidas de controle de enfermidades, como testes, vacinações e outras formas de prevenção dentro de um calendário sanitário anual. Entre as doenças que podem ser controladas por meio de vacinação chamou a atenção para a IBR (Rinotraqueíte Infecciosa Bovina), BVD (Diarreia Viral Bovina) e Leptospirose. Cord recomendou cuidados com essas doenças, já que possui grande influência na função reprodutiva dos animais, causando diferentes problemas como abortos, reabsorções embrionárias, fetos mumificados, nascimento de terneiros natimortos e infertilidade temporária.

Outro aspecto debatido no encontro foi o Plano Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose. Cord alertou que as propriedades devem estar livres dessas enfermidades e recomendou a aplicação do teste anual. Lembrou que a cooperativa remunera o leite por critérios de qualidade e citou a bonificação para propriedades que realizam o teste anual em todo o rebanho. “Estas doenças são zoonoses, ou seja, podem ser transmitidas para seres humanos. A vacinação da Brucelose é obrigatória em todas as fêmeas de três a oito meses de idade em dose única e deve ser realizada por médico veterinário”, destacou.

 

Vermes e carrapatos

 

Da mesma forma, o médico veterinário falou sobre o controle de verminoses, decisão essencial para garantir o crescimento e desenvolvimento do rebanho, especialmente animais jovens. “É recomendável usar intervalos mais curtos de aplicação do vermífugo conforme a idade do animal, sendo que é aconselhado fazer um rodízio nos princípios ativos dos medicamentos”, complementou.

Cord também salientou a necessidade de realizar controle integrado tanto no animal como no ambiente para combater a ocorrência de carrapatos. Mencionou que sombra, umidade e calor são condições ideais para desenvolver carrapatos. “Por isso, se recomenda trabalhar com um campo mais limpo e com um pasto um pouco mais baixo”, aconselhou. Por outro lado, sugeriu controle estratégico no rebanho, onde o objetivo é iniciar com dois a três tratamentos na primavera, tendo intervalos de aplicação de 21 dias. “Dessa forma, teremos uma redução nos dois picos de maior população de carrapatos no verão e no outono”, ensinou.

 

 

 

TEXTO – Éderson Moisés Käfer e Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Lançamento

Languiru apresenta os Soltinhos de Frango, mais facilidade e praticidade na cozinha

Aprendizado no campo

Programa Aprendiz Cooperativo concilia teoria com prática nas propriedades rurais

Clinic Care

Farmácias Languiru oferecem serviços especiais aos associados e clientes

Campanha

Languiru e Shopping Lajeado realizam promoção que sorteia R$ 34 mil em vales-compras

Futuro no campo

Languiru recebe inscrições para terceira edição do Programa de Sucessão Familiar

Inovação

Lançamento de plataforma digital para o agro ocorre no dia 20 de abril

Melhoramento genético

Chegou versão atualizada do Catálogo de Touros

Sucessão Rural

A satisfação pelo trabalho motiva os jovens a seguirem no agronegócio familiar

Inovação RS

Leite Languiru Origem é destaque em alimentos e bebidas premium

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.