NOTÍCIAS
Prêmio SomosCoop - Programa de Inclusão Social e Produtiva da Languiru é referência nacional em fidelização de associados
Publicado em 09/11/2018
Cooperativa teutoniense é a única representante do Rio Grande do Sul premiada pela Organização das Cooperativas do Brasil

As cooperativas brasileiras estão dando um “show” na execução de ações voltadas para o desenvolvimento social, tendo em vista um modelo econômico mais justo e sustentável. Esse panorama foi celebrado na noite de 30 de outubro, quando foram anunciadas as vencedoras do 11º Prêmio SomosCoop – Melhores do Ano, uma iniciativa da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB). A solenidade ocorreu em Brasília e foi prestigiada por lideranças cooperativistas, autoridades políticas e parceiros do sistema.

A Cooperativa Languiru foi uma das organizações premiadas com seu Programa de Inclusão Social e Produtiva no Campo. A cooperativa teve papel de destaque na premiação, conquistando o 1º lugar na categoria “Fidelização”. O troféu e certificado foram recebidos pelo presidente Dirceu Bayer, que esteve acompanhado do diretor-administrativo, Euclides Andrade. A Languiru foi a única representante gaúcha consagrada com o prêmio. Na solenidade, também ocorreu o lançamento nacional do selo SomosCoop, que poderá ser utilizado na identificação de produtos e serviços de cooperativas.

 

Paixão por cooperativismo

 

 

Em seu pronunciamento no evento de premiação, Bayer mencionou a diversificação das atividades e a agregação de valor à matéria-prima como aspectos que contribuem para o êxito da Languiru. Também destacou o expressivo percentual de pessoas ligadas ao cooperativismo na área de atuação da Languiru.  “É o reconhecimento de um trabalho que, ao invés de excluir, busca a inclusão social e produtiva. Somos apaixonados por esse sistema, tanto que nossos associados possuem vínculo muito forte com a Languiru”, salientou.

Bayer (2º esquerda p/ direita) e Andrade (2º direita p/ esquerda) participaram da solenidade de premiação na capital federal (Foto: Guilherme Kardel)

 

Cooperativas estão construindo um país melhor

 

O presidente da OCB, Márcio Lopes de Freitas, agradeceu o esforço e apoio das unidades estaduais do sistema cooperativo brasileiro na tarefa de enviar os projetos à Brasília. “Toda cooperativa desse país merece esse prêmio, em virtude do que vem fazendo nos seus respectivos estados. O nosso movimento transforma a realidade das comunidades e das regiões onde estamos inseridos. Tenho certeza que estamos construindo um Brasil muito melhor, cada um do seu jeito”, afirmou.

Foram reconhecidos 21 projetos. Ao todo, a comissão avaliadora analisou 437 iniciativas de 267 cooperativas de estados como Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Santa Catarina.

Além da categoria Fidelização, outras modalidades premiadas foram Comunicação e Difusão do Cooperativismo; Cooperativa Cidadã; Cooperjovem; Desenvolvimento Sustentável; Intercooperação; Inovação e Tecnologia. Em cada uma delas, foram laureadas três cooperativas.

 

Inclusão Social e Produtiva no Campo

 

Oferecer novas perspectivas no agronegócio para reintegrar ou disponibilizar suporte àquele produtor de leite que esteja enfrentando dificuldades em função de seu reduzido volume produtivo na pequena propriedade. Esse é o foco principal do Programa de Inclusão Social e Produtiva no Campo, lançado oficialmente em maio de 2017. Idealizado pela Cooperativa Languiru, conta com o apoio e o envolvimento da Emater/RS-Ascar; do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Teutônia e Westfália; das Secretarias Municipais da Agricultura de Teutônia, Westfália e Estrela; do Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA); do Centro Regional de Treinamento de Agricultores (CERTA); da Fundação Agrícola Teutônia (FAT); e da Sicredi Ouro Branco.

Além do trabalho de assistência técnica aos associados para o incremento e qualidade na produção leiteira, a iniciativa também estimula a diversificação com integrações, o cultivo de milho e a produção de hortifrutigranjeiros, essas duas últimas, novas alternativas produtivas para as pequenas propriedades da agricultura familiar na área de atuação da Languiru. A partir do novo programa e como um de seus desdobramentos, a Languiru também viabilizou o Cartão Verde, modalidade de associação oferecida aos produtores rurais com cultivo de milho, possibilitando inúmeros benefícios ao agricultor como integrante do quadro social. O documento vem se somar ao tradicional Cartão Azul, fornecido aos produtores da cadeia leiteira e integrados de aves e suínos.

Considerando todo esse contexto, o Prêmio SomosCoop – Melhores do Ano na categoria Fidelização é o reconhecimento nacional de uma iniciativa de efetiva inclusão social e produtiva no campo. A premiação leva em consideração o trabalho de cooperativas brasileiras que melhoraram seu atendimento, disponibilizaram mais benefícios aos seus cooperados, alcançando com isso a satisfação dos mesmos e melhorando os índices de fidelização.

 

Prêmio SomosCoop

 

A cada dois anos, um seleto grupo de cooperativas recebe do Sistema OCB o título de “Cooperativa do Ano”, reconhecimento à criatividade, à visão e aos resultados obtidos por elas ao longo do biênio. A partir de 2016, a premiação passou a se chamar Prêmio SomosCoop – Melhores do Ano, marca que reforça o orgulho cooperativista e uma forma de reconhecimento público das boas práticas de cooperativas com benefícios comprovados aos seus cooperados e à comunidade onde estão inseridas. O prêmio visa reconhecer o mérito de projetos capazes de gerar ou influenciar mudanças positivas no ambiente de atuação das cooperativas. A iniciativa é da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) e Confederação Nacional das Cooperativas (CNCoop).

 

 

 

TEXTO – Éderson Moisés Käfer e Leandro Augusto Hamester

MAIS NOTÍCIAS

Todos os direitos reservados à Cooperativa Languiru | SAC: 0800 51 5453 | sac@languiru.com.br
Attitude