Notícias

Líderes de Núcleo participam de reunião com a direção da Languiru

14/10/2016

No dia 06 de outubro ocorreu reunião de líderes de Núcleo da Cooperativa Languiru. Na oportunidade, representantes dos 57 Núcleos, distribuídos pelas comunidades em que a cooperativa conta com associados, estiveram reunidos com a direção da Languiru, na Associação dos Funcionários. Os encontros ocorrem regularmente, momentos importantes de relacionamento e de troca de ideias.

Cenário econômico conturbado

O presidente da Languiru, Dirceu Bayer, falou do atual momento econômico de dificuldades, que afeta o mercado brasileiro e mundial. “Vivemos um momento muito ruim, com aumento dos custos de produção, do custo dos insumos, e redução de preços pagos pela matéria-prima. Paralelamente a isso, ainda há o fator climático, que interfere nos índices produtivos, assim como a oferta de produtos no mercado”, explicou.

Para enfrentar a situação, Bayer destacou a necessidade de gestão, tanto na cooperativa quanto nas propriedades rurais dos associados. “O atual cenário interfere em todos os ramos de negócio e as empresas precisam se adaptar a esta realidade, acompanhando o mercado. Embora surjam alguns indícios de melhora, a gestão é primordial para superar as adversidades que se apresentam”, sugeriu.

Reunião da direção com representantes dos 57 Núcleos da Languiru ocorreu no dia 06 de outubro (Foto: Leandro Augusto Hamester
Reunião da direção com representantes dos 57 Núcleos da Languiru ocorreu no dia 06 de outubro (Foto: Leandro Augusto Hamester

Para ele, esta crise é a pior que já se viu na história mundial. Especialmente no Brasil, Bayer ainda acrescentou à instabilidade econômica, a crise política. “O quadro é muito complicado, mas a Languiru tem tomado todos os cuidados, na expectativa de minimizar os impactos aos nossos associados e colaboradores, que são essenciais para superarmos a crise. Estamos nos adaptando a esta realidade, com ações pontuais, mas necessárias neste momento”, disse Bayer.

Ele ainda destacou a união de esforços. “Precisamos nos unir, trabalhar em conjunto e ter gestão, sem espaço para o amadorismo. Contamos com o apoio, a qualificação e a eficiência produtiva de associados e funcionários. O momento é difícil, mas há coisas boas acontecendo”, disse, colocando-se à disposição para mais esclarecimentos. “Com muita transparência, sempre fazemos o melhor para a Languiru, que é dos associados”, acrescentou.

Sobre o futuro, Bayer segue mantendo o otimismo. “O Brasil tem um enorme potencial produtivo, e vamos superar a crise. Esperamos, já para o primeiro semestre de 2017, uma melhora. Fazendo o nosso dever de casa, vamos entrar neste novo momento muito melhores e preparados.”

Demanda de mercado

O vice-presidente Renato Kreimeier falou do atendimento a demandas técnicas e exigências legais em todas as unidades da Languiru, assim como o acompanhamento das necessidades dos associados em suas propriedades com o trabalho desenvolvido pelo Departamento Técnico. “Os nossos índices produtivos são muito positivos, o que nos auxilia a enfrentar a crise, como, por exemplo, no setor de carnes, tanto de aves como de suínos. Os índices de eficiência produtiva são os melhores da história da Languiru. Essa economia e conversão que se têm são méritos da Languiru, mas principalmente dos produtores associados”, apontou.

Kreimeier igualmente considera o atual momento como a maior crise brasileira e mundial da história. “Precisamos nos adaptar muito rapidamente à realidade de demanda do mercado. Comprar, produzir e vender bem, com trabalho de gestão e organização das atividades. Estamos na busca contínua por melhorias. Não é fácil, mas no contexto atual, estamos todos de parabéns pelo trabalho realizado. Estamos todos juntos no mesmo barco”, finalizou.

Desempenho

O assessor da administração, Mário Stockmann, apresentou o desempenho econômico e financeiro da Languiru até o mês de agosto. Nesse contexto também falou das principais medidas adotadas pela cooperativa no realinhamento de diretrizes. “O consumidor também reflete este cenário econômico nos índices de consumo, o que é uma característica enfrentada por todos os brasileiros. E a Languiru está inserida neste universo da crise. Todas as ações tomadas são fundamentadas, com decisões colocadas em prática que repercutem positivamente ao longo do ano”, explicou.

Em contrapartida, Stockmann enfatizou que as empresas precisam aproveitar oportunidades que se apresentam em período de economia conturbada. “A Languiru tem procurado os benefícios da crise para melhorar sua situação financeira. Estamos movimentando e contamos com uma boa estrutura financeira para enfrentar as dificuldades do mercado. A crise chegou para mudarmos e nos adequarmos a um novo momento, uma nova realidade. Não é fácil, mas estamos no caminho certo. Muitas ações são antipáticas, repercutem de maneira negativa, mas nos dão resultado”, enumerou.

Entre outras ações, ele explicou a decisão acertada da postura da Languiru em questões relacionadas ao câmbio e anunciou o maior faturamento da história da cooperativa no mês de agosto. “Nossos números não são ruins, o momento é que é complicado. Estamos vacinados e olhamos com muita atenção o que é bom para a Languiru, seus associados e colaboradores”, concluiu.

TEXTO – Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Fórum Tecnológico do Leite

Gerenciamento da propriedade fecha ciclo de palestras online

Fórum Tecnológico do Leite

Segunda noite do evento debate sistemas produtivos

66 anos

Cooperativa promove campanha exclusiva para associados

Fórum Tecnológico do Leite

Gestão reprodutiva do rebanho pauta primeira noite do evento

Comitê Mulheres Cooperadas

Saúde da mulher será tema de palestra no dia 27 de outubro

Temporada de Prêmios Languiru

Ganhadores do primeiro sorteio recebem premiação

Cadeia leiteira

Fórum Tecnológico do Leite traz ciclo de palestras online

Temporada de Prêmios Languiru 2021

Sorteados primeiros vales-compras e motocicleta

“Somos penta”

Prêmio Exportação RS reconhece trabalho da Languiru no segmento alimentos

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.