Notícias

Legislativo de Teutônia homenageia Languiru pelos seus 60 anos

04/12/2015

A Câmara de Vereadores de Teutônia prestou homenagem à Cooperativa Languiru pelos seus 60 anos durante a sessão ordinária do dia 26 de novembro. O encontro do Poder Legislativo foi acompanhado pelo presidente da Languiru, Dirceu Bayer, pelo vice-presidente Renato Kreimeier, por integrantes dos conselhos de Administração e Fiscal, líderes de Núcleo da Languiru, vice-prefeito de Teutônia, Evandro Biondo, e lideranças da comunidade.

Brentano (e), Kreimeier, Hartmann e Bayer com o certificado de reconhecimento aos 60 anos da Languiru (Fotos: Valdir Inácio Schardong)
Brentano (e), Kreimeier, Hartmann e Bayer com o certificado de reconhecimento aos 60 anos da Languiru (Fotos: Valdir Inácio Schardong)

Elogios na tribuna

Os 11 vereadores de Teutônia se manifestaram na tribuna, todos parabenizando a Languiru e reconhecendo a sua importância econômica e social para o município e a região.

Valdir do Amaral lembrou que “sem os agricultores não temos alimentos”, acrescentando que “todos os associados da Languiru estão fazendo o bem para Teutônia”.

Marcelo Brentano disse que “as cooperativas constroem um mundo melhor. A Languiru cresce porque é uma grande família que fortalece o desenvolvimento regional”.

Mareli Lerner Vogel classificou “Teutônia como uma cidade cooperativa”, lembrando as “milhares de pessoas envolvidas com a Languiru”, fazendo referência “aos jovens que estão optando em permanecer no meio rural”.

Hélio Brandão parabenizou a Languiru, destacando a “importância da cooperativa na vida dos teutonienses”.

Direção, conselheiros e líderes de Núcleo da Languiru presentes à sessão de homenagem da Câmara de Vereadores de Teutônia
Direção, conselheiros e líderes de Núcleo da Languiru presentes à sessão de homenagem da Câmara de Vereadores de Teutônia

Marcos Quadros disse que “o município de Teutônia recebe muitos incentivos da Languiru” e desejou “sucesso e prosperidade à cooperativa”.

Hércio von Mühlen lembrou que “a Languiru é a maior empresa com sede no Vale do Taquari e que gera desenvolvimento para Teutônia”.

Amilton Lemos destacou “a grande responsabilidade da direção da Languiru em manter a cooperativa forte. Teutônia tem muito a agradecer à Languiru”.

Claudiomir de Souza se referiu às “dificuldades superadas pela atual direção, por meio de uma boa gestão”, acrescentando que “muito ainda se pode esperar da Languiru no futuro”.

André Bohmer parabenizou a direção e demais representantes da Languiru presentes à sessão.

Para Gilberto Frigo, “a Languiru dá aula de cooperativismo”, reconhecendo “o empenho da direção na condução da cooperativa”.

O presidente da Câmara, vereador Pedro Hartmann, se referiu aos conselheiros e líderes de Núcleo da Languiru, presentes à sessão, como “pessoas que conhecem o cheiro da terra”. Disse que “a autoestima elevada do quadro social de hoje faz a Languiru caminhar para frente. As novas alternativas buscadas pela Languiru resultam em qualidade de vida para o agricultor. Todo o trabalho é digno quando é feito para o sustento da família”, afirmou.

Agradecer sempre

O presidente da Languiru, Dirceu Bayer, iniciou sua manifestação dizendo que “a cooperativa recebeu muitos reconhecimentos nas últimas semanas, o que faz bem a todos, principalmente aos associados”. Lembrou das “extremas dificuldades enfrentadas”, mas que “hoje estamos num outro momento, de reconhecimento pela superação dos obstáculos e pelo desenvolvimento alcançado”. Bayer afirmou que “se não fôssemos uma cooperativa, não estaríamos mais aqui”, ao se referir à união de todos na recuperação da Languiru. Lembrou ainda que “mesmo nos piores momentos, a Languiru nunca deixou de pagar a produção dos associados e os salários dos funcionários”.

Sobre Teutônia e o Vale do Taquari, o presidente da Languiru considerou que “estamos numa região diferenciada, com agricultura forte. Se a Languiru é forte é porque o agricultor é forte, a comunidade é forte”.

Presidente e vice da Languiru com os vereadores teutonienses
Presidente e vice da Languiru com os vereadores teutonienses

Bayer também revelou que “a Languiru acaba de alcançar R$ 1 bilhão de faturamento. Em 2015, apesar de toda a retração da economia, a Languiru terá o melhor resultado em seus 60 anos”.

Sobre o futuro, o presidente disse que “a Languiru tem a expectativa de muitos investimentos, inclusive em Teutônia”, citando a queijaria que será instalada no município, em área anexa à Indústria de Laticínios. Ao encerrar, Bayer aconselhou aos presentes que “nunca deixem de agradecer por tudo o que conseguirem”.

Ao final da sessão, o presidente da Câmara e o vereador proponente da homenagem, Marcelo Brentano, entregaram para Bayer e Kreimeier um certificado de reconhecimento e agradecimento pelos 60 anos da Cooperativa Languiru.

TEXTO – Leandro Augusto Hamester e Valdir Inácio Schardong

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Meteorologia

Perspectivas do clima para o planejamento da lavoura serão pauta de encontro de associados

Grãos e hortifrúti

Languiru sela parceria com a Philip Morris

Dia do Colono e do Motorista

No campo, a tecnologia. Na estrada, a fé

Gratidão ao cooperativismo

“Eu sei mais ou menos como é o céu, é tão bonito, tão leve”

Tecnologia

Aplicativo reúne e fornece informações sobre captação de leite na propriedade rural

Dia C

Languiru lança segunda edição de projeto de gastronomia direcionado a comunidades carentes

Gestão e Liderança Cooperativa

Languiru inicia nova edição de curso previsto no Estatuto e Sistema de Governança

Expansão

Cooperativa Languiru inicia coleta de leite na Região Sul do Estado

Segurança pública

Languiru auxilia nas reformas do Presídio Estadual de Lajeado

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.