Notícias

Laticínios – Languiru potencializa capacidade industrial ao envasar produtos da Tirol

05/02/2018

O mercado costuma ser dominado por organizações que privilegiam exigentes padrões de qualidade e investem na modernização de plantas industriais. Com o intuito de se tornarem mais competitivas, empresas analisam cenários e vasculham o país, na tentativa de identificar organizações que possam oferecer a parceria mais satisfatória. É uma estratégia muito comum nos tempos atuais.

Carretas com capacidade de transportar até 33 mil litros de leite trazem matéria-prima dos entrepostos da Tirol localizados nos municípios de Tapejara e Boa Vista do Buricá (Fotos: Leandro Augusto Hamester)

Pois em 2016 a Cooperativa Languiru recebeu os primeiros contatos da Laticínios Tirol, de Santa Catarina. As necessidades eram diferentes, porém, convergiam para o mesmo caminho. Os catarinenses ainda não disponibilizavam de uma planta industrial onde poderiam beneficiar a produção captada no Rio Grande do Sul. Por outro lado, a cooperativa gaúcha apresentava a possibilidade de receber mais matéria-prima (leite) na Indústria de Laticínios. Dessa forma, os interesses se complementaram e as negociações seguiram em 2017.

No ano passado, uma comitiva da Tirol veio até Teutônia para conhecer a estrutura da Indústria de Laticínios e conversar com a direção da Languiru. Os catarinenses oficializaram uma proposta de parceria no envase do Leite Longa Vida (UHT). No mesmo ano, com o intuito de “amadurecer” o negócio, uma comitiva da Languiru viajou para Santa Catarina.

Ficou decidido que a cooperativa gaúcha receberia leite e embalagens (primária e secundária) da Tirol e a Languiru prestaria o serviço de envase e acondicionamento, até que o produto fosse expedido para os clientes da Tirol. A parceria foi selada e, em 20 de novembro de 2017, foi realizado o primeiro envase de leite Tirol.

Para o presidente da Languiru, Dirceu Bayer, a parceria deverá trazer grandes benefícios à cooperativa. “Até então nossa capacidade industrial instalada na Indústria de Laticínios, em Teutônia, estava sendo utilizada em apenas 50%. Agora, a partir da parceria com a Tirol, poderemos aproveitar melhor a nossa infraestrutura e mão de obra na unidade fabril. Concomitantemente, também teremos benefícios financeiros a partir dessa parceria, perseguindo o grande objetivo final que é poder melhorar o preço pago pelo litro de leite ao nosso produtor associado. A expectativa é de que passemos de 100 mil para 200 mil litros de leite envasados para a Tirol por dia ainda no primeiro semestre de 2018, gerando um grande impacto econômico”, comenta.

 

Volumes e envase

 

Nos primeiros dez dias da parceria, foram envasados aproximadamente 1,3 milhão de litros de leite, uma média de 130 mil litros por dia. Passados os primeiros meses, as perspectivas só aumentaram. Hoje, carretas com capacidade de transportar até 33 mil litros de leite cada uma, trazem matéria-prima dos entrepostos da Tirol localizados nos municípios de Tapejara e Boa Vista do Buricá. Até o final do primeiro semestre, a projeção é envasar até 200 mil litros de leite por dia.

Tanto os produtos lácteos da Languiru como os produtos da Tirol são envasados simultaneamente na Indústria de Laticínios. Isso ocorre pelo fato de que a planta industrial estabeleceu programação que atende as duas demandas.

Languiru envasa os leites integral, semi-desnatado e desnatado da Laticínios Tirol

A cooperativa gaúcha envasa os leites integral, semi-desnatado e desnatado da laticínios catarinense. A Languiru ainda é responsável por garantir a qualidade desses produtos por meio de análises que vão desde a chegada da matéria-prima até quando o produto estiver dentro da “caixinha”.

A Central de Distribuição (CD) Vale do Taquari é o destino do leite envasado, local onde permanece armazenado e passa por um período de quarentena. O leite só é destinado aos clientes após ser liberado pelo Setor de Controle da Qualidade da Indústria de Laticínios.

 

Vantagens em consonância

 

A parceria atende aos interesses das duas organizações. A Languiru completa a sua capacidade industrial, ou seja, soluciona o quadro de ociosidade apresentado na Indústria de Laticínios. Também otimiza os seus custos fixos, considerando que opera 24 horas por dia. Hoje, a cooperativa está recebendo 500 mil litros de leite por dia com esse acréscimo da Tirol. Importante observar que estamos no período de entressafra, onde os volumes são baixos. No período da safra, a projeção é de que a Languiru poderá chegar a receber até 700 mil litros de leite por dia, com o incremento da Tirol.

Segundo o gerente da Indústria de Laticínios, Mauro Aschebrock, a parceria significa um incremento de receita nos negócios do setor de lácteos da Languiru. Relata que, num primeiro momento, o processo foi acompanhado in loco por um representante da Tirol. Hoje, devido a confiança no processo, esporadicamente a laticínios catarinense envia algum profissional para acompanhar a produção. “Nos relataram que tiveram uma ótima impressão do trabalho que é desenvolvido pela indústria da Languiru e profissionais que aqui encontraram”, enaltece.

Já a Tirol fica mais próxima dos seus clientes e consegue vantagens fiscais por captar esta matéria-prima no Rio Grande do Sul. O gerente de Controladoria e Custos da Tirol, Giovani Hartcoppf, também espera dobrar o volume de leite envasado até a metade de 2018. Destaca que, por meio da parceria, a empresa catarinense consegue atender seus clientes de forma ágil e eficiente. “Outro diferencial é com relação a Sig Combibloc, a qual fornece embalagens de alta tecnologia, que protegem os alimentos e asseguram a qualidade por um longo período de tempo. Além disso, são ecologicamente corretas e quando comparadas com qualquer outro tipo de embalagem geram menor impacto ambiental, já que são feitas de 75% de celulose, um recurso renovável”, acrescentou.

 

Laticínios Tirol

 

A Laticínios Tirol está há 43 anos no mercado e suas principais unidades estão em Santa Catarina. Com sede em Treze Tílias, a empresa possui unidade produtiva na mesma cidade e filiais em Chapecó e Pinhalzinho. A laticínios também possui unidades terceirizadas no Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e em Goiás.

 

 

 

TEXTO – Éderson Moisés Käfer e Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Meteorologia

Perspectivas do clima para o planejamento da lavoura serão pauta de encontro de associados

Grãos e hortifrúti

Languiru sela parceria com a Philip Morris

Dia do Colono e do Motorista

No campo, a tecnologia. Na estrada, a fé

Gratidão ao cooperativismo

“Eu sei mais ou menos como é o céu, é tão bonito, tão leve”

Tecnologia

Aplicativo reúne e fornece informações sobre captação de leite na propriedade rural

Dia C

Languiru lança segunda edição de projeto de gastronomia direcionado a comunidades carentes

Gestão e Liderança Cooperativa

Languiru inicia nova edição de curso previsto no Estatuto e Sistema de Governança

Expansão

Cooperativa Languiru inicia coleta de leite na Região Sul do Estado

Segurança pública

Languiru auxilia nas reformas do Presídio Estadual de Lajeado

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.