Notícias

Governança – Atividades de novo grupo do Programa de Sucessão Familiar iniciam no dia 16 de agosto

08/08/2018

No próximo dia 16 de agosto, às 14h, inicia a nova etapa, totalmente remodelada e gratuita, do Programa de Sucessão Familiar da Cooperativa Languiru, formação dirigida aos associados, cônjuges ou filhos de associados. O curso está alicerçado no processo de sucessão nas operações e na gestão das propriedades rurais de associados da Languiru, uma forma de estimular a permanência dos jovens no campo e garantir a sustentabilidade da atividade produtiva. A formação é a retomada do programa de mesmo nome, iniciado em novembro de 2013 e com a formatura da primeira turma, com 39 integrantes, em dezembro de 2015.

Numa nova roupagem, o curso traz melhorias em relação à primeira edição. Entre as mudanças, a nova formação prevê, além dos encontros periódicos com os jovens em processo de sucessão, encontros adicionais específicos com os pais ou gestores atuais das propriedades para que o processo possa ser visto e compreendido de forma integrada. Além disso, ainda deverão ocorrer eventos conjuntos entre pais e filhos, oportunidade especial e diferenciada para que, juntos, possam ser debatidas grandes questões técnicas e administrativas relacionadas ao dia a dia da propriedade.

 

Formatação

 

A parceria no desenvolvimento das aulas será da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), de São Leopoldo, que coordena a parte didática com estruturação do material e disponibilização de professores, a maioria docentes nos cursos de graduação e pós-graduação da universidade. Alguns dos módulos do curso, relacionados a assuntos técnicos de produção, também contarão com atividade conjunta de profissionais técnicos de diferentes setores da própria Languiru no desenvolvimento dos conteúdos. A estrutura geral prevê entre 15 a 17 encontros presenciais, tratando de diferentes temas importantes na gestão de uma propriedade no perfil dos associados da Cooperativa Languiru. Ao todo, serão cerca de 18 meses de qualificação.

A turma conta, inicialmente, com cerca de 40 inscritos, e as aulas presencias serão realizadas na Sala de Reuniões da Associação dos Funcionários da Languiru, em Teutônia. A aula inaugural, no dia 16, será no formato de seminário de sensibilização, ocasião em que será definido e acordado o cronograma dos demais encontros, com a coordenação de profissionais da Unisinos e envolvimento da Direção e setor de Comunicação e Cooperativismo da Languiru.

“O processo de sucessão nas propriedades rurais dos nossos associados é tema estratégico na Languiru, uma prática que deve integrar o sistema de gestão e governança corporativa da cooperativa. Além disso, reafirma o nosso compromisso com a sociedade e as gerações futuras. Além de estimular a sustentabilidade das propriedades rurais, primamos pela continuidade da Languiru na produção de alimentos de qualidade a partir da permanência dos jovens no campo”, destaca o presidente Dirceu Bayer.

 

Educação cooperativa

 

Paralelamente ao Programa de Sucessão Familiar, a Languiru também está desenvolvendo o Programa de Desenvolvimento de Conselheiros de Cooperativas, iniciado no mês de abril e voltado ao desenvolvimento da liderança cooperativa, capacitação gratuita oferecida aos seus associados numa parceria com o Sistema Ocergs-Sescoop/RS e o Instituto Superior de Administração e Economia (ISAE).

Conforme o coordenador de Comunicação e Cooperativismo da Languiru, Alexandre Schneider, iniciativas como essas são exemplos práticos de investimentos nos processos de educação. “A cooperativa é dos associados, mas também das futuras gerações. Nesse cenário, são fundamentais a sustentabilidade e a continuidade das propriedades rurais para a produção de alimentos. Administrar uma propriedade ficou muito mais complexo, e normalmente os pais conseguem passar para os filhos as técnicas de produção, mas a gestão de uma propriedade passa por muito mais questões e variáveis. O maior legado que os pais podem deixar para os seus filhos é o conhecimento, preparando-os para quando precisarem tomar novas decisões. E a Languiru quer contribuir para isso”, justifica Schneider, ressaltando que “os que têm na sua cabeça a juventude daqueles que ainda almejam, por um longo tempo, investir e continuar na propriedade, são nosso principal público-alvo. A Languiru tem reduzido a idade média do seu quadro social, e todos têm muito a contribuir, o diálogo é muito importante entre as diferentes gerações na propriedade rural.”

 

Caminhando juntos

               

A sucessão na prática é complementada com o retorno aos bancos escolares nas famílias Secchi e Broenstrup, de Linha Catarina, interior do município de Teutônia. O casal Fábio Luiz Secchi (30) e a esposa Simone Broenstrup (29) estão inscritos no Programa de Sucessão Familiar da Languiru. Eles e o filho Luís Rafael (1) residem e administram a propriedade com produção de leite e aves juntamente com os pais de Simone, Bruno (53) e Liane Teresinha Schneider Broenstrup (50).

Juntos numa mesma direção: família Secchi/Broenstrup vive a sucessão na prática e busca o aperfeiçoamento na volta aos bancos escolares (Foto: Leandro Augusto Hamester)

Fábio é formado tecnólogo em alimentos e Simone administradora. Bruno e Liane possuem escolaridade até o 5º ano do Ensino Fundamental. “O curso oferecido pela Languiru é uma grande oportunidade, algo que muitos produtores de outras gerações não tiveram acesso. Hoje, os jovens possuem muito mais oportunidades de profissionalização e aprendizado”, destaca Simone, enaltecendo as atividades de integração com os pais ao longo do curso.

Bruno e Liane igualmente concordam que a formação possibilita a criação e ampliação de afinidades da linha de pensamento para a gestão da propriedade rural. “Além do acesso à novas tecnologias, o que evoluiu muito, é fundamental seguir buscando o conhecimento”, ressaltam os pais.

Fábio parabeniza a Languiru pela oportunidade. “A iniciativa da Languiru é louvável. A sustentabilidade da cooperativa passa, necessariamente, pela sucessão e continuidade das atividades nas propriedades rurais dos associados. As diversas iniciativas da Languiru nesse sentido são uma demonstração prática da gestão e da perenidade da cooperativa”, avalia o jovem, que também participa do Programa de Desenvolvimento de Conselheiros de Cooperativas.

A expectativa do casal para o novo curso é bastante grande, especialmente para aspectos relacionados à gestão. “Vemos como essa questão é importante na prática do nosso dia a dia na propriedade. São conhecimentos essenciais para todas as gerações envolvidas com o trabalho no campo, com a possiblidade de evoluirmos juntos, além de ser uma atividade que certamente irá fortalecer os laços de afinidade e a sintonia em suas diferentes gerações, uma vez que todos trabalhamos por um objetivo em comum”, acrescenta Fábio, enaltecendo a participação dos sogros em atividades específicas ao longo da formação.

Bruno e Liane concordam com esse posicionamento: “sempre há algo novo para aprender. Pequenos e grandes detalhes fazem muita diferença. ‘Abrir a mente’ é uma condição para evoluir.”

 

 

TEXTO – Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Grãos e hortifrúti

Languiru sela parceria com a Philip Morris

Dia do Colono e do Motorista

No campo, a tecnologia. Na estrada, a fé

Gratidão ao cooperativismo

“Eu sei mais ou menos como é o céu, é tão bonito, tão leve”

Tecnologia

Aplicativo reúne e fornece informações sobre captação de leite na propriedade rural

Dia C

Languiru lança segunda edição de projeto de gastronomia direcionado a comunidades carentes

Gestão e Liderança Cooperativa

Languiru inicia nova edição de curso previsto no Estatuto e Sistema de Governança

Expansão

Cooperativa Languiru inicia coleta de leite na Região Sul do Estado

Segurança pública

Languiru auxilia nas reformas do Presídio Estadual de Lajeado

Curso de Sucessão Familiar

“Eu quero ficar aqui, seguir em frente, investir e aumentar a produtividade”

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.