Notícias

Frigorífico de Suínos da Cooperativa Languiru recebe habilitação para exportação

14/10/2013

Foi publicada no dia 1º de agosto a circular no. 518, expedida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e assinada pela Secretaria de Defesa Agropecuária, Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal e Coordenação Geral de Programas Especiais, que habilita o Frigorífico de Suínos da Cooperativa Languiru para exportar seus produtos ao mercado internacional.

Com esta habilitação, a unidade industrial, inaugurada em abril de 2012 no município de Poço das Antas, está apta a comercializar a carne de suíno in natura, miúdos de suíno in natura e produtos à base de carne para países das Américas Latina e Central, Ásia e África. 

Novo Frigorífico de Suínos da Languiru em Poço das Antas é o maior investimento da história da cooperativa
Novo Frigorífico de Suínos da Languiru em Poço das Antas é o maior investimento da história da cooperativa (Foto: Leandro Augusto Hamester)

A informação foi festejada pelo presidente da Languiru, Dirceu Bayer. “Toda ‘família Languiru’ está comemorando esta importante conquista da cooperativa: a possibilidade de abastecermos o mercado externo com nossos produtos de qualidade produzidos no frigorífico de Poço das Antas.”

 Retorno dos investimentos

Bayer agradece o empenho de todos os associados e colaboradores para que a Languiru conquistasse a habilitação. “No novo frigorífico foram aplicados mais de R$ 60 milhões, nossas instalações e equipamentos são de alta tecnologia, o que nos permite entregar agora aos mercados interno e externo produtos de qualidade. Tudo isso é reflexo do bom momento vivido pela Languiru, de consolidação do resultado e retorno dos investimentos realizados nos últimos anos, confirmando a posição de terceira maior cooperativa do agronegócio gaúcho”, festejou o presidente.

A exportação de produtos suínos soma-se ao trabalho da Languiru com o mercado externo, que há mais de 20 anos exporta frangos e embutidos para cerca de 40 países.

 Estrutura pensada para a exportação

Desde o desenvolvimento da planta industrial, o Frigorífico de Suínos da Languiru foi planejado para atender a demanda dos mercados interno e externo. Inaugurado no dia 13 de abril de 2012, o abatedouro em Poço das Antas é considerado um dos mais modernos do país, emprega tecnologia de ponta em 14.500m2. Atualmente abate 1,1 mil suínos por dia, com capacidade total de abate de 2,5 mil animais/dia a partir da segunda fase. O frigorífico conta, hoje, com cerca de 400 funcionários.

Na unidade são industrializados cerca de 130 produtos, com carnes in natura, salgados, defumados e embutidos. Nos 57 anos da Languiru, o Frigorífico de Suínos foi o maior investimento da história da cooperativa.

Desde a primeira supervisão do MAPA, realizada em novembro de 2012, a estrutura da cooperativa tem agradado aos fiscais e diretores do Ministério, tanto que a planta industrial já serviu de base para vídeo institucional do Governo Federal na apresentação de estruturas e processos produtivos da suinocultura.

Em abril de 2013, o MAPA realizou nova supervisão e auditoria, a partir da qual a Languiru encaminhou ofício para se habilitar ao mercado externo. “Os trâmites burocráticos foram muito rápidos e em 60 dias conseguimos a habilitação para o mercado externo, graças ao bom desempenho apresentado na última auditoria, sem a necessidade de nova auditoria específica para a habilitação. Toda a estrutura do Frigorífico de Suínos foi pensada para atender também o mercado externo. Todos os projetos de autocontrole necessários para o mercado interno já foram desenvolvidos, também, considerando as exigências internacionais”, destaca o gerente industrial, Lucas Penteado.

A partir disso, a Languiru também busca a habilitação para atender outros países que possuem exigências específicas para importação de carne e produtos de origem suína, os quais apresentam algumas particularidades diferentes da legislação brasileira.

“Este era um antigo sonho da Languiru e o sentimento de toda equipe é de grande satisfação. Associados e colaboradores, estão todos de parabéns pelo esforço que nos permitiu conquistar esta habilitação. O reconhecimento se deve a todos que abraçaram a causa, transformando o sonho em realidade”, acrescenta a coordenadora da Qualidade, Carla Diedrich.

O próximo passo será o desenvolvimento da rotulagem para a venda do primeiro container ao mercado externo. A partir dessa habilitação para a “lista geral” de países, a Languiru inicia os trâmites para se habilitar para negócios com os países da “lista especial”, o que depende da auditoria de profissionais dessas nações.

 TEXTO – Leandro Augusto Hamester          

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Lançamento

Languiru apresenta os Soltinhos de Frango, mais facilidade e praticidade na cozinha

Aprendizado no campo

Programa Aprendiz Cooperativo concilia teoria com prática nas propriedades rurais

Clinic Care

Farmácias Languiru oferecem serviços especiais aos associados e clientes

Campanha

Languiru e Shopping Lajeado realizam promoção que sorteia R$ 34 mil em vales-compras

Futuro no campo

Languiru recebe inscrições para terceira edição do Programa de Sucessão Familiar

Inovação

Lançamento de plataforma digital para o agro ocorre no dia 20 de abril

Melhoramento genético

Chegou versão atualizada do Catálogo de Touros

Sucessão Rural

A satisfação pelo trabalho motiva os jovens a seguirem no agronegócio familiar

Inovação RS

Leite Languiru Origem é destaque em alimentos e bebidas premium

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.