Notícias

Líderes de Núcleo

Desempenho e investimentos pautam reunião online

08/09/2021

Leandro Augusto Hamester

“O primeiro semestre foi complicado. Foram R$ 116 milhões a mais investidos em milho e farelo de soja num comparativo a 2020, e, por outro lado, os preços de mercado dos produtos não reagiram o necessário. Mas a expectativa para o segundo semestre é bastante positiva”, destacou o presidente da Languiru, Dirceu Bayer, na abertura da reunião de Líderes de Núcleo, realizada no dia 31 de agosto no formato online.

Na ocasião foram valorizadas ações estratégicas, como a compra antecipada de milho para atender demanda até outubro de 2022; o estímulo ao plantio de milho; os investimentos em estruturas para receber a produção; e a redução da integração avícola. “No primeiro semestre nos encolhemos para reduzir o prejuízo, mas agora que os preços do frango estão melhores, voltamos com toda força”, explicou Bayer.

Investimentos

Sobre recentes investimentos, destaque à modernização e ampliação da capacidade de abate do Frigorífico de Aves, em Westfália; depósito de insumos no Bairro Alesgut, em Teutônia, com reaproveitamento de estrutura já pertencente à Languiru; novo pavilhão de estocagem da Indústria de Laticínios, em Teutônia; novo Agrocenter Languiru de São Lourenço do Sul; Agrocenter Máquinas de Teutônia, outro exemplo de recuperação de prédio da Cooperativa; e futuro Frigorífico de Bovinos, também em Teutônia. “Nossos associados produzem muita riqueza no campo. Não precisamos investir ainda mais em plantas industriais, mas em produtos que agreguem valor”, disse Bayer.

Frigorífico de Bovinos, em Teutônia, recebeu destaque na apresentação online do presidente Dirceu Bayer (Foto: Divulgação Cooperativa Languiru / Reprodução)
Frigorífico de Bovinos, em Teutônia, recebeu destaque na apresentação online do presidente Dirceu Bayer (Foto: Divulgação Cooperativa Languiru / Reprodução)

Números

O superintendente Administrativo, Comercial e Financeiro, Euclides Andrade, e a gerente executiva de Controladoria, Carla Gregory, apresentaram as demonstrações contábeis até 31 de julho, referendando o impacto do custo do milho e farelo de soja no primeiro semestre. “Há sinais de reversão em julho, com crescimento de 30% com relação ao mesmo período de 2020. Para o segundo semestre a tendência é de custo estabilizado, apesar da seca e da geada. Para tanto, ajustamos estratégias para os próximos seis meses e em 2022”, frisou Andrade.

O superintendente Industrial e de Fomento Agropecuário, Fabiano Leonhardt, detalhou a compra antecipada de milho e falou da locação de estruturas que atendam à necessidade de armazenamento. “Projetamos receber cerca de 60 mil toneladas de milho dos produtores associados”, disse.

Governança

A coordenadora Jurídica, Renata Madalosso Rosa, ainda apresentou ações relativas à governança na Languiru, valorizando princípios da transparência, equidade, responsabilidade corporativa e respeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Temporada de Prêmios Languiru 2021

Sorteados primeiros vales-compras e motocicleta

“Somos penta”

Prêmio Exportação RS reconhece trabalho da Languiru no segmento alimentos

Tecnologia no campo

Languiru oferece curso gratuito de inclusão digital aos seus associados

Aprendiz Cooperativo do Campo

Nova turma participa de atividades teóricas e práticas até janeiro de 2023

Amplo e moderno

Apresentado novo Agrocenter Máquinas

Encontro Mulheres Cooperativistas

Languiru disponibiliza vagas gratuitas limitadas

São Lourenço do Sul

Languiru amplia área de atuação e inicia operações da 11ª loja Agrocenter

INFORME COMERCIAL

Medalhão de frango com bacon e embalagem do doce de leite são novidades da Languiru

Planejamento da lavoura

De olho no plantio, associados participam de palestra online sobre meteorologia

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.