Notícias

Cooperativismo gaúcho apresenta projeto de biogás com tecnologia alemã

05/06/2015

O crescente aumento da demanda energética e a dificuldade para o seu suprimento, fez necessário o investimento em novas fontes energéticas alternativas para auxiliar no desenvolvimento sustentável. Fruto do projeto de cooperação bilateral com a DGRV (Federação de cooperativas alemãs), o Sistema Ocergs-Sescoop/RS e a Cooperativa Languiru promovem, no dia 11 de junho, em Teutônia, a apresentação do Projeto “Biogás produzido a partir de resíduos para o fortalecimento das cooperativas”.

O evento é uma parceria entre a Cooperativa Languiru, a Ökobit GmbH (empresa alemã fornecedora da tecnologia) e o Sistema cooperativista gaúcho. O projeto visa especialmente à identificação das tecnologias de biogás existentes na Alemanha e possibilidades de adaptá-las às condições da região Sul do Brasil.

A programação inicia às 9h, tendo por local a sala de reuniões da Associação dos Funcionários da Languiru. Na oportunidade haverá apresentação do case da Languiru, que no último dia 17 de abril deu início à otimização de biodigestores, resultado de um trabalho de três anos da parceria entre a cooperativa e técnicos alemães. Naquela oportunidade entrou em funcionamento o projeto piloto desenvolvido pela Languiru com a parceria das empresas alemãs Agroscience e Ökobit e Governo da Alemanha, fruto do projeto de cooperação bilateral entre o Sistema Ocergs-Sescoop/RS e a DGRV.

O projeto de utilização do biogás na Unidade Produtora de Leitões (UPL) Mundo Novo da Cooperativa Languiru, em Bom Retiro do Sul, que gera 20 KW e representa cerca de 5m³ de biogás por hora, será um dos cases apresentados no workshop do dia 11 de junho. O evento prevê visitação à unidade produtiva em Bom Retiro do Sul, inclusive com a presença dos técnicos da Languiru, parceiros da Alemanha e do Sistema Ocergs-Sescoop/RS no desenvolvimento do projeto.

Senner (e), Jakob e Feldkircher acompanharam instalação dos equipamentos e início do aproveitamento do biogás na UPL Mundo Novo
Senner (e), Jakob e Feldkircher acompanharam instalação dos equipamentos e início do aproveitamento do biogás na UPL Mundo Novo

“Com os equipamentos instalados na UPL Mundo Novo, como boiler e purificador, passamos a utilizar o biogás no aquecimento da água dos chuveiros e na cozinha da unidade, substituindo gradativamente o gás de cozinha (GLP)”, explica o engenheiro ambiental da Languiru, Tiago Feldkircher.

 

Programação

 

A programação do workshop do dia 11 de junho inicia às 9h, com recepção na Associação dos Funcionários da Languiru. Às 9h30min haverá saudação do presidente da Languiru, Dirceu Bayer, seguida de pronunciamentos do Cônsul Geral da Alemanha, Stefan Traumann, do presidente do Sescoop/RS, Vergílio Perius, e do diretor secretário da Ocergs, Paulo Pires.

Ainda na parte da manhã haverá visitação à unidade de biogás na UPL Mundo Novo, com saída às 10h10min. Na ocasião também ocorre a entrega oficial da nova tecnologia e assinatura de um memorando de entendimento sobre a continuação da parceria, com retorno a Teutônia às 11h15min, para posterior almoço na Associação.

No período da tarde, a partir das 13h e com mediação do diretor geral da Escola Superior do Cooperativismo (Escoop), Derli Schmidt, haverá palestra do presidente da Languiru, Dirceu Bayer, com apresentação do case da cooperativa.

Às 13h20min haverá apresentação do projeto de cooperação entre a DGRV e o Sescoop/RS, com o representante da DGRV e diretor do projeto, Arno Boerger; e às 13h30min palestra “Potencialidades e desafios da tecnologia de biogás no Rio Grande do Sul”, com o professor Dr. Odorico Konrad, do curso de Engenharia Ambiental da Univates, de Lajeado.

Às 14h haverá apresentação do projeto de biogás desenvolvido na UPL Mundo Novo, focando o potencial teórico para a tecnologia de biogás na Cooperativa Languiru, com o gerente de projetos da AgroScience GmbH, Philipp Senner; os requisitos do sistema e solução técnica, com o engenheiro de projetos da Ökobit GmbH, Sven Jakob; e a execução da instalação e comissionamento, com o engenheiro ambiental da Languiru, Tiago Feldkircher.

Às 14h45min ocorre apresentação de possibilidades de utilização de biogás para as cooperativas gaúchas, com o gerente da Ökobit GmbH, Christoph Spurk. A programação encerra com debate e rodada de perguntas às 15h15min, 16h15min café e 17h fechamento.

 

Inscrições

 

As inscrições para o evento devem ser feitas junto ao Sistema Ocergs-Sescoop/RS ou pelo e-mail matheus-loro@ocergs.coop.br. Outras informações e o formulário de inscrição também podem ser encontradas no site www.ocergs.coop.br.

 

O Projeto de cooperação bilateral entre a DGRV e o Sescoop/RS

 

O objetivo da cooperação consiste em fortalecer as estruturas do cooperativismo no setor agropecuário do Rio Grande do Sul. Com isso, o Sistema Cooperativo e de Aprendizagem do Cooperativismo amplia sua possibilidade de assessorar e atender as cooperativas agrícolas, de qualificar seus funcionários e de melhorar as estruturas existentes no setor. Assim, as cooperativas se tornam mais eficientes e conseguem, no longo prazo, oferecer serviços competitivos para as propriedades rurais a elas associadas, aumentando a produtividade, eficiência e sustentabilidade do setor agropecuário do Rio Grande do Sul.

As áreas de atuação do projeto de cooperação bilateral abordam qualificação de técnicos e lideranças, bem como o desenvolvimento de recursos humanos de acordo com as necessidades reais; melhoria das auditorias interna e externa e qualificação dos auditores; fortalecimento da intercooperação entre as cooperativas no Rio Grande do Sul; e promoção de contatos e relações econômicas com organizações alemãs.

 

Parceiros e formas de cooperação do Projeto

 

O Projeto é executado por incumbência do Ministério de Alimentação, Agricultura e Defesa do Consumidor (BMELV) da Alemanha.

Os parceiros brasileiros são o Sescoop/RS (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do Rio Grande do Sul), vinculado à Ocergs (Organização das Cooperativas do Estado). Ambos fazem parte do sistema de cooperativismo do Brasil representado pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB).

Em decorrência do Projeto, já foram firmados acordos de cooperação com organizações alemãs, por exemplo, nas áreas de laticínios e fontes alternativas de energia.

 

 

 

TEXTO – Leandro Augusto Hamester e assessoria de imprensa do Sistema Ocergs-Sescoop/RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Meteorologia

Perspectivas do clima para o planejamento da lavoura serão pauta de encontro de associados

Grãos e hortifrúti

Languiru sela parceria com a Philip Morris

Dia do Colono e do Motorista

No campo, a tecnologia. Na estrada, a fé

Gratidão ao cooperativismo

“Eu sei mais ou menos como é o céu, é tão bonito, tão leve”

Tecnologia

Aplicativo reúne e fornece informações sobre captação de leite na propriedade rural

Dia C

Languiru lança segunda edição de projeto de gastronomia direcionado a comunidades carentes

Gestão e Liderança Cooperativa

Languiru inicia nova edição de curso previsto no Estatuto e Sistema de Governança

Expansão

Cooperativa Languiru inicia coleta de leite na Região Sul do Estado

Segurança pública

Languiru auxilia nas reformas do Presídio Estadual de Lajeado

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.