Notícias

Comece seu dia bem – Funcionários ficam por dentro do Manual de Transparência, Ética e Conduta

24/09/2018

A Cooperativa Languiru transmite informes institucionais e mensagens motivacionais para o quadro de funcionários por meio do programa “Comece seu dia bem”. A cada edição um assunto diferente é trabalhado pela equipe do setor de Recursos Humanos. Em agosto e setembro ocorreu nova jornada por unidades administrativas, comerciais, industriais e granjas da cooperativa, com apresentação do Manual de Transparência, Ética e Conduta (MTEC) da Languiru.

A tarefa foi conduzida pela advogada da Languiru, Renata Madalosso, e colegas do setor Jurídico, que orientaram os funcionários em relação às normas de comportamento preconizadas pela cooperativa. Renata esclareceu que o Manual se aplica a colaboradores, associados, clientes e prestadores de serviços da cooperativa, material aprovado pelo Conselho de Administração da Languiru. “O Manual foi constituído a partir de princípios éticos como cooperação, honestidade, lealdade e transparência. Queremos agir de forma a não prejudicar a cooperativa e o próximo”, afirmou.

Colaboradores receberam informações sobre as condutas que devem ser seguidas na cooperativa (Foto: Leandro Augusto Hamester)

Entre os assuntos discutidos estiveram práticas condenadas pelo Manual como discriminação, condutas ameaçadoras, conflitos de interesse, suborno, trabalho escravo/infantil, recebimento de brindes/bonificações, uso indevido da propriedade intelectual (marca) e desrespeito às políticas de gestão. Por outro lado, o Manual garante direitos como a liberdade de associação a qualquer entidade e a liberdade de expressão, desde que não prejudique à Languiru. Nesse sentido, Renata chamou a atenção dos colaboradores sobre o uso inadequado de recursos tecnológicos e de redes sociais.

A advogada enfatizou que a cooperativa representa muito para as regiões onde está inserida. Como exemplo, mencionou números relativos ao faturamento, quadro social e de funcionários. “Que sejamos pessoas honestas, de caráter íntegro, leais, justas e cumpridoras de nossas obrigações e responsabilidades”, frisou.

Outro aspecto observado nos encontros foi o Canal de Denúncias, aberto a qualquer pessoa para comunicar atos depreciativos à cooperativa, sem precisar se identificar. Renata explicou que todas as denúncias são investigadas por um Comitê de Ética, que avalia a necessidade de encaminhar as informações ao Conselho de Administração da Languiru. Para certificar de que estão cientes do MTEC, todos os colaboradores assinaram termo de ciência e receberam versão impressa do Manual.

 

 

TEXTO – Éderson Moisés Käfer e Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Meteorologia

Perspectivas do clima para o planejamento da lavoura serão pauta de encontro de associados

Grãos e hortifrúti

Languiru sela parceria com a Philip Morris

Dia do Colono e do Motorista

No campo, a tecnologia. Na estrada, a fé

Gratidão ao cooperativismo

“Eu sei mais ou menos como é o céu, é tão bonito, tão leve”

Tecnologia

Aplicativo reúne e fornece informações sobre captação de leite na propriedade rural

Dia C

Languiru lança segunda edição de projeto de gastronomia direcionado a comunidades carentes

Gestão e Liderança Cooperativa

Languiru inicia nova edição de curso previsto no Estatuto e Sistema de Governança

Expansão

Cooperativa Languiru inicia coleta de leite na Região Sul do Estado

Segurança pública

Languiru auxilia nas reformas do Presídio Estadual de Lajeado

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.