Notícias

Clube da Terneira

Programa valoriza a criação de terneiras e envolvimento de filhos de associados

10/08/2021

Leandro Augusto Hamester

Iniciativa da Languiru recebe inscrições até o dia 31 de outubro

Despertar no associado produtor de leite a importância da fase de criação de terneiras e provocar a participação de jovens filhos de associados nas tarefas diárias visando o bem-estar animal, alimentação e manejo adequados. Com esse objetivo, a Languiru lança o Clube da Terneira, cujas inscrições dos participantes e cadastro dos animais devem ser efetuadas até o dia 31 de outubro. Em novembro deste ano ocorre a apresentação dos participantes, com o julgamento final e definição das campeãs em novembro de 2022.

Esta é a primeira edição do evento promovido pela Languiru
Esta é a primeira edição do evento promovido pela Languiru (Foto: Leandro Augusto Hamester)

“É uma novidade que trazemos para o segmento leite, uma iniciativa que visa, acima de tudo, estimular os jovens a participarem das atividades na propriedade, além de contribuir para a formação de planteis cada vez mais produtivos, valorizando o processo de criação de terneiras e premiando os melhores desempenhos”, destaca o presidente da Languiru, Dirceu Bayer.

A avaliação considera a identificação da terneira (cadastro) e um checklist com anotações nas fichas entregues aos responsáveis (limpeza, dieta e registros fotográficos), avaliação do Ganho de Peso Diário (GPD), teste genômico, idade e peso do desmame, dieta fornecida nas diferentes fases e calendário sanitário.

Dados do cadastro compõem a pontuação na avaliação, como data de nascimento, número do brinco, nome da terneira, identificação do pai, da mãe e raça; registro fotográfico do participante e do responsável fornecendo colostro, fazendo a cura do umbigo e fornecendo leite, ração, feno e água; acompanhamento em visitas de avaliação; limpeza das mamadeiras, bebedouros, cochos de ração e do local onde vive a terneira; anotação da data das primeiras dosagens dos alimentos e a média de consumo; e o atendimento às orientações técnicas repassadas pelo Setor de Leite ou profissional técnico e veterinário que acompanha a propriedade do associado.

O conceito central do programa é que a criança “adote” uma terneira, se responsabilizando pelo acompanhamento do seu desenvolvimento.

Inscrições

Os cadastros podem ser realizados junto ao Setor de Leite do Departamento Técnico da Languiru ou com o profissional técnico que atende a propriedade. É pré-requisito o atestado anual negativo para tuberculose e brucelose desde 2020.

É permitida a inscrição de uma terneira por matrícula de associado e, para cada animal inscrito, deve ser informado o nome do responsável (adulto) e da criança participante. As categorias estão divididas entre crianças de sete a 12 anos; e de 13 a 17 anos completos no ano da inscrição. Poderão ser inscritos animais das raças Holandesa e Jersey, nascidas entre 1º de agosto e 31 de outubro de 2021 (vagas limitadas a 50 terneiras inscritas).

Esta é a primeira edição do evento promovido pela Languiru

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Temporada de Prêmios Languiru 2021

Sorteados primeiros vales-compras e motocicleta

“Somos penta”

Prêmio Exportação RS reconhece trabalho da Languiru no segmento alimentos

Tecnologia no campo

Languiru oferece curso gratuito de inclusão digital aos seus associados

Aprendiz Cooperativo do Campo

Nova turma participa de atividades teóricas e práticas até janeiro de 2023

Líderes de Núcleo

Desempenho e investimentos pautam reunião online

Amplo e moderno

Apresentado novo Agrocenter Máquinas

Encontro Mulheres Cooperativistas

Languiru disponibiliza vagas gratuitas limitadas

São Lourenço do Sul

Languiru amplia área de atuação e inicia operações da 11ª loja Agrocenter

INFORME COMERCIAL

Medalhão de frango com bacon e embalagem do doce de leite são novidades da Languiru

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.