Notícias

Bem-vindos à “escola do cooperativismo”

13/06/2013

A Cooperativa Languiru, além de ser reconhecida pela excelência de seus produtos, também é vista como uma organização que possui uma cadeia produtiva bem estruturada e que serve de modelo para o agronegócio brasileiro. Neste sentido, regularmente a cooperativa tem recebido visitas de universidades e escolas técnicas que procuram oportunizar aos seus alunos, a possibilidade de acompanhar o manejo da matéria-prima do campo até a indústria.

Com esse intuito, unidades industriais e propriedades de associados integraram roteiro de visitas nos meses de maio e junho.

Indústria de Laticínios

1 Escola Venâncio Aires JORNAL
Alunos do curso Técnico em Agroindústria da Escola Estadual Woltram Netzler, de Venâncio Aires. (Fotos: Éderson Moisés Kafer)

A primeira visita ocorreu no dia 27 de maio, quando alunos do curso Técnico em Agroindústria da Escola Estadual Woltram Netzler, de Venâncio Aires,conheceram a Indústria de Laticínios da Languiru, instalada no município de Teutônia. Acompanhados do professor e engenheiro agrônomo Clóvis Schwertner, o grupo foi recepcionado na associação dos funcionários pelo vice-presidente Renato Kreimeier, que apresentou o case da cooperativa.

Kreimeier destacou que a Languiru oferece “tudo o que o associado precisa, com 23 opções de negócios”. Da mesma forma, explicou as diferenças de uma cooperativa para uma empresa privada, salientando o compromisso social e econômico do associativismo na região. “O associado é muito fiel, além de ser a maior riqueza da Languiru. A diversificação das atividades e o controle da cadeia produtiva são características da cooperativa: produzimos a matéria-prima, a industrializamos e agregamos valor”, resumiu o vice-presidente.

Lembrando recente viagem a Israel, quando acompanhou comitiva do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Kreimeier frisou que as perspectivas para o agronegócio são promissoras. Nesse sentido, destacou a necessidade de fortalecer o agronegócio na esfera política, pela sua importância para a economia do país. “O Brasil é conhecido internacionalmente como um país que produz alimentos de qualidade. Por isso, temos que ser eficientes nessa atividade.”

Na visita à Indústria de Laticínios, os estudantes puderam visualizar a industrialização dos produtos lácteos Languiru. Acompanhados por supervisora da qualidade da indústria, o grupo conferiu desde a entrada da matéria-prima até a produção de iogurtes e doce-de-leite. “Os alunos consideraram importante a visita por vários aspectos, como o relato do vice-presidente que enfatizou a prática dos princípios do cooperativismo e destacou o número de jovens que estão voltando para a propriedade. Na Laticínios, eles ainda puderam conferir todo o trabalho desenvolvido pela cooperativa para fornecer produtos de qualidade”, afirmou Schwertner.

Frigorífico de Suínos

3 Ufrgs dia 28 de maio (5) JORNAL
Turma do curso de Medicina Veterinária da UFRGS conheceu Departamento Técnico da Languiru e visitou propriedades rurais de associados

A segunda visita, realizada no dia 28 de maio, teve a presença de alunos do curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que conheceram o Frigorífico de Suínos, instalado em Poço das Antas. Acompanhados dos professores da disciplina de “Inspeção e Tecnologia de Carnes e Derivados”, Guiomar Pedro Bergmann e Susana Cardoso, os universitários conheceram o processo de abate de suínos.

O grupo foi recepcionado pelo presidente Dirceu Bayer, que falou sobre os setores e os investimentos da cooperativa, além de exibir o novo vídeo institucional da empresa. Após degustação de produtos Languiru, a turma foi dividida em três grupos. Acompanhados de supervisores da qualidade do frigorífico, conferiram de perto a entrada dos animais até o fracionamento da carcaça em cortes e embutidos. “Na universidade, os professores ministram a parte teórica. Já a visita técnica tem por finalidade observar, na prática, a tecnologia de abate e inspeção ante-mortem e pos-mortem das carcaças e vísceras dos animais, visto que a inspeção é uma atividade exclusiva do médico veterinário”, explicou Bergmann. 

Departamento Técnico e propriedades de associados

2 Ufrgs dia 10 de junho (2) JORNAL
Universitários conheceram processo de abate de suínos

No dia 10 de junho, outra turma do curso de Medicina Veterinária da UFRGS esteve na cooperativa. Acompanhados do professor da disciplina de “Introdução à zootecnia”, Sérgio Nicolaiewsky, o grupo foi recepcionado no Departamento Técnico da Languiru. Na oportunidade, conheceram todo o trabalho desenvolvido pelo setor de assistência ao associado, com explanações do médico veterinário do Setor de Suínos, Elói Guilherme Hinnah, e dos coordenadores dos setores de Aves e Leite, Sinécio Wilsmann e Fernando Staggemeier, respectivamente.

A turma também conferiu o sistema de trabalho a campo por meio de visitas às propriedades dos associados Mário Hummes, em Teutônia, e Romildo Tirp, Edílio Landmeier e Airton Kaisekamp, em Westfália.

TEXTO – Éderson Moisés Käfer e Leandro Augusto Hamester

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Dia do Colono e do Motorista

No campo, a tecnologia. Na estrada, a fé

Gratidão ao cooperativismo

“Eu sei mais ou menos como é o céu, é tão bonito, tão leve”

Tecnologia

Aplicativo reúne e fornece informações sobre captação de leite na propriedade rural

Dia C

Languiru lança segunda edição de projeto de gastronomia direcionado a comunidades carentes

Gestão e Liderança Cooperativa

Languiru inicia nova edição de curso previsto no Estatuto e Sistema de Governança

Expansão

Cooperativa Languiru inicia coleta de leite na Região Sul do Estado

Segurança pública

Languiru auxilia nas reformas do Presídio Estadual de Lajeado

Curso de Sucessão Familiar

“Eu quero ficar aqui, seguir em frente, investir e aumentar a produtividade”

Agrocenter

Languiru investe em loja modelo para o segmento de máquinas e implementos agrícolas

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.