Notícias

Associados da CIC Teutônia visitam Frigorífico de Aves e Indústria de Laticínios da Languiru

04/12/2016

Com o intuito de oportunizar experiência diferenciada aos seus associados, a CIC Teutônia promoveu visita técnica a duas unidades industriais da Cooperativa Languiru. No dia 25 de novembro o roteiro iniciou em Westfália, onde o grupo conheceu as dependências do Frigorífico de Aves, unidade cujos produtos são exportados para mais de 40 países. O gerente Fabiano Leonhardt deu as boas-vindas aos visitantes e discorreu sobre agronegócio, avicultura e o setor de carnes. Leonhardt destacou que existe uma grande demanda por alimentos, principalmente, em regiões mais pobres da África, Oriente Médio e Ásia. Sobre a planta do abatedouro, observou a necessidade da gestão de pessoas e explicou as diferenças entre mercado interno e externo. “Nesta unidade abatemos 115 mil frangos por dia. Além disso, a Languiru vende 45 mil frangos vivos para outra empresa”, complementou. Leonhardt também respondeu a perguntas dos visitantes e falou de investimentos realizados em capital humano e na modernização dos processos. Em seguida, guiados por encarregados de produção, o grupo visitou as instalações da planta industrial, conhecendo setores como de desossa, temperados e câmaras frias.

Associados da CIC em visita ao Frigorifico de Aves da Languiru, em Westfália (Fotos: Éderson Moisés Käfer)
Associados da CIC em visita ao Frigorifico de Aves da Languiru, em Westfália (Fotos: Éderson Moisés Käfer)

A programação seguiu em Teutônia, com visita à Indústria de Laticínios, onde foram recebidos pelo gerente industrial Lauri Reinheimer e pela encarregada da Garantia da Qualidade, Patrícia Dick Haas. Apresentando dados gerais sobre a atividade leiteira, Reinheimer comentou que em torno de 1,5 mil propriedades fornecem mais de 450 mil litros de leite por dia à planta industrial da Languiru. A matéria-prima é oriunda de 71 rotas localizadas em mais de 50 municípios. “O quadro de colaboradores conta com 180 profissionais que beneficiam a matéria-prima. A nossa indústria foi a primeira laticínios a neutralizar a emissão de carbono, inclusive, sendo certificada por isso”, acrescentou. Na sequência, o grupo iniciou visita à planta industrial, onde conheceram o setor de leite UHT e derivados.

Grupo conheceu setor de recepção do leite, industrialização do leite UHT e derivados
Grupo conheceu setor de recepção do leite, industrialização do leite UHT e derivados

TEXTO – Éderson Moisés Käfer e Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Fórum Tecnológico do Leite

Gerenciamento da propriedade fecha ciclo de palestras online

Fórum Tecnológico do Leite

Segunda noite do evento debate sistemas produtivos

66 anos

Cooperativa promove campanha exclusiva para associados

Fórum Tecnológico do Leite

Gestão reprodutiva do rebanho pauta primeira noite do evento

Comitê Mulheres Cooperadas

Saúde da mulher será tema de palestra no dia 27 de outubro

Temporada de Prêmios Languiru

Ganhadores do primeiro sorteio recebem premiação

Cadeia leiteira

Fórum Tecnológico do Leite traz ciclo de palestras online

Temporada de Prêmios Languiru 2021

Sorteados primeiros vales-compras e motocicleta

“Somos penta”

Prêmio Exportação RS reconhece trabalho da Languiru no segmento alimentos

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.