Notícias

Aprendizes – Languiru inicia atividades de turma inédita em Serviços de Supermercado

20/03/2018

A Cooperativa Languiru, numa parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do Rio Grande do Sul (Sescoop/RS), a Cooperativa Educacional de Ensino Básico (Coopeb) e o Colégio Teutônia, está desenvolvendo atividades da primeira turma do curso de Serviços de Supermercado do Programa Aprendiz Cooperativo. As atividades iniciaram no mês de fevereiro e envolvem 23 estudantes, sendo parte deles filhos de associados da cooperativa, que terão oportunidade diferenciada de ingresso no mercado de trabalho.

Atividades de integração e acolhida para primeira turma do curso de Serviços de Supermercado (Fotos: Éderson Moisés Käfer)

Em momento de integração, o grupo recebeu orientações quanto ao programa de aprendizagem, com detalhes sobre os dias de aula e horários, benefícios, manual de conduta, trabalho em equipe e responsabilidades, além de apresentação institucional da Languiru e orientações sobre segurança no trabalho. A acolhida foi conduzida pela psicóloga Júlia Andressa Portz; pela auxiliar de Recursos Humanos, Dioneia Ester Grave; e pelo técnico em Segurança do Trabalho, Afrânio Henrique Wietholter.

Aprendizes do curso Serviços de Supermercado participam de 1.000 horas de formação, intercaladas entre teoria e prática nas unidades de varejo da Languiru, com duração média de 18 meses (Foto: Divulgação Cooperativa Languiru)

O curso é direcionado para o atendimento na área dos supermercados, visando a qualificação e capacitação de jovens para atuarem nesse segmento. A demanda atende grande oferta de postos de trabalho no varejo, focando na qualificação e capacitação de mão de obra que venha a proporcionar atendimento diferenciado e de qualidade.

A formação teórica está sendo desenvolvida pela Coopeb nas instalações do Colégio Teutônia, cujo conteúdo programático aborda cidadania e trabalho, cooperativismo, empreendedorismo, linguagem e comunicação, matemática comercial e financeira, informática, formação humana e cientifica, além de apresentação ao mercado de trabalho. Ao todo serão 1.000 horas de formação, intercaladas entre teoria e prática nas unidades de varejo da Languiru, com duração média de 18 meses.

Equipe do setor de Recursos Humanos e de Segurança do Trabalho conduziu acolhida aos aprendizes PcDs

“Esses aprendizes serão qualificados e estarão capacitados para atuar na área dos supermercados. A partir desta primeira turma, novos grupos deverão ser formados”, avalia a coordenadora de Recursos Humanos da cooperativa, Dionéia Hergemöller.

Além do curso de Serviços de Supermercado, ainda são oferecidas qualificações nas áreas de Processamento de Carnes (turmas Regulares e Pessoas com Deficiência – PcDs), Eletrotécnica Básica, Auxiliar Administrativo e Aprendiz do Campo. Atualmente, a Languiru conta com oito turmas em atividade, com 147 aprendizes cotizados.

O presidente da Cooperativa Languiru, Dirceu Bayer, enaltece o programa de aprendizagem. “Parabéns aos que buscam este aprimoramento técnico-educacional. As cooperativas abrem suas portas a esses jovens que chegam ao mercado de trabalho com grande diferencial, com desenvolvimento pessoal e profissional, o que contribui para sua maturidade. O Aprendiz Cooperativo é um pequeno passo, carregado de importância no preparo para a vida”, ressalta, definindo o cooperativismo como um dos pilares do desenvolvimento do Vale do Taquari.

Representantes da Languiru e do Colégio Teutônia com nova turma de aprendizes PcDs (Foto: Divulgação Cooperativa Languiru)

 

Sentimento de gratidão

 

Também em fevereiro iniciaram as atividades para mais uma turma do Programa Aprendiz Cooperativo para Pessoas com Deficiência (PcDs). Com dez estudantes inscritos para o curso de Processamento de Carnes, a programação iniciou com momento de integração, que também contou com o envolvimento de familiares, orientado de maneira lúdica pela equipe do setor de Recursos Humanos e de Segurança do Trabalho da Languiru, além da gestora do programa de aprendizagem no Colégio Teutônia, Maitê Schuhmann.

Esta é a quarta turma de aprendizes PcDs, que já teve a participação de 30 jovens no programa de aprendizagem. Desses, cerca de 40% permanecem na Languiru como colaboradores efetivados.

“Com mais esta turma, a expectativa é de que os aprendizes concluam o curso e, por meio desse processo de aprendizado, realizem o ingresso nas atividades da Languiru de forma gradativa, estando preparados para a sua atuação no mercado de trabalho”, destaca Dionéia.

Psicóloga Júlia Andressa Portz: “é importante que a sociedade entenda que incluir é respeitar as singularidades de cada um”

Serão 1.104 horas de atividades, entre teoria e prática, com término previsto para julho de 2019. “Percebo nitidamente o quanto eles se desenvolvem ao longo do programa, descobrindo capacidades que nem imaginavam que poderiam existir dentro deles”, avalia a psicóloga Júlia.

Entre as dificuldades, ela cita a resistência de algumas famílias em permitir que os filhos participem do programa e consigam mostrar que a pessoa com deficiência pode ser o profissional que a empresa necessita para ocupar uma vaga, e não apenas para cumprir a cota. “Os PcDs podem ser pessoas produtivas. É importante que a sociedade entenda que incluir é respeitar as singularidades de cada um, ou seja, é respeitar o que cada um tem de diferente e especial. Mas, o mais importante, é que estes desafios não são impedimento comparado à força de vontade deles em concluir o programa e conseguir se inserir no mercado de trabalho”, comenta Júlia.

A psicóloga é enfática ao afirmar que, após o período especial de aprendizado, “eles saem do programa mais preparados, sabendo trabalhar em equipe, com a autoestima mais elevada, se sentindo úteis, capazes e fazendo parte da sociedade, sabendo ainda que cada um deles tem plenas condições para desempenhar um bom trabalho neste mercado altamente competitivo”.

 

 

 

TEXTO – Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Aprendizado no campo

Programa Aprendiz Cooperativo concilia teoria com prática nas propriedades rurais

Clinic Care

Farmácias Languiru oferecem serviços especiais aos associados e clientes

Campanha

Languiru e Shopping Lajeado realizam promoção que sorteia R$ 34 mil em vales-compras

Futuro no campo

Languiru recebe inscrições para terceira edição do Programa de Sucessão Familiar

Inovação

Lançamento de plataforma digital para o agro ocorre no dia 20 de abril

Melhoramento genético

Chegou versão atualizada do Catálogo de Touros

Sucessão Rural

A satisfação pelo trabalho motiva os jovens a seguirem no agronegócio familiar

Inovação RS

Leite Languiru Origem é destaque em alimentos e bebidas premium

Desempenho

Em assembleia digital, Languiru apresenta faturamento histórico de R$ 1,8 bilhão

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.