Notícias

Aprendizes do cooperativismo recebem certificados

21/09/2018

Recentemente ocorreu a solenidade de formatura de novas turmas do Programa Aprendiz Cooperativo, desenvolvido pela Cooperativa Languiru, como empresa cotizadora, em parceria com o Colégio Teutônia e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do Rio Grande do Sul (Sescoop/RS). Receberam certificados de conclusão estudantes das turmas de Processamento de Carnes e Eletrotécnica.

Estudantes receberam certificados de conclusão do período de aprendizado teórico e prático (Foto: Leandro Augusto Hamester)

Falando em nome dos formandos, o aprendiz Fábio Luiz Lagemann compartilhou as experiências vividas pelo grupo ao longo de um ano e meio. “Foram muitas surpresas, novos colegas, amigos e momentos de integração, com muita dedicação aos estudos e muitas experiências de aprendizagem”, disse, agradecendo aos professores, à coordenação pedagógica e pela oportunidade concedida pelas empresas cotizadoras no período prático. Em vídeo com depoimentos dos estudantes, eles classificaram esse momento como “uma oportunidade de ver o mundo com outros olhos, levando o aprendizado para a vida toda, além de uma excelente possibilidade de ingresso ao mercado de trabalho”.

A gerente executiva de controladoria da Languiru, Carla Gregory, valorizou a formatura do grupo de jovens. “Esse é o começo de uma caminhada, não cansem de buscar o conhecimento, o que é essencial para o sucesso profissional. Sejam comprometidos em tudo que fizerem, sabendo que a educação forma pessoas melhores”, disse.

A gestora do programa de aprendizagem do Colégio Teutônia, Maitê Schuhmann, agradeceu o apoio das empresas cotizadoras e das famílias. “Aprendemos muito juntos. Saibam que o conhecimento ninguém tira de vocês, e todos vocês são capazes”, dirigiu-se às turmas de formandos.

Por fim, o diretor do Colégio Teutônia, Jonas Rückert, classificou o momento como uma conquista de toda família que apoia a educação. “Hoje, 1,5 milhão de jovens entre 15 e 17 anos de idade está fora do Ensino Médio; 23% das pessoas entre 14 e 29 anos de idade não estudam e também não trabalham. Então, esse grupo de formandos é diferenciado, tem atitude, e isso faz diferença. A educação transforma a nossa sociedade. Esse é o primeiro passo, mas outros precisarão ser dados”, concluiu.

 

 

TEXTO – Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Temporada de Prêmios Languiru

Ganhadores do primeiro sorteio recebem premiação

Cadeia leiteira

Fórum Tecnológico do Leite traz ciclo de palestras online

Temporada de Prêmios Languiru 2021

Sorteados primeiros vales-compras e motocicleta

“Somos penta”

Prêmio Exportação RS reconhece trabalho da Languiru no segmento alimentos

Tecnologia no campo

Languiru oferece curso gratuito de inclusão digital aos seus associados

Aprendiz Cooperativo do Campo

Nova turma participa de atividades teóricas e práticas até janeiro de 2023

Líderes de Núcleo

Desempenho e investimentos pautam reunião online

Amplo e moderno

Apresentado novo Agrocenter Máquinas

Encontro Mulheres Cooperativistas

Languiru disponibiliza vagas gratuitas limitadas

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.