Notícias

A alegria contagiante do Languito está de volta

24/09/2018

A sua presença em eventos de dimensão regional ou estadual era uma constante na década de 1990 e início dos anos 2000. Não tinha como passar despercebido, com carisma que empolgava o público. Chegando de surpresa ou com hora marcada, crianças, adultos e idosos logo abriam o sorriso quando ele aparecia. A simpatia sempre foi uma marca do Languito, a tradicional ave mascote da Cooperativa Languiru.

Tradicional mascote da cooperativa fez sua reaparição no mês de agosto (Fotos: Luísa Schardong)

Ele esteve sumido por um tempo, tirando umas férias, mas voltou renovado depois de trabalho desenvolvido pela Área Comercial em conjunto com o setor de Marketing. Esqueça aquele boneco trajado como um legítimo imigrante germânico com sapato-de-pau, bermuda típica e chapéu tirolês com penas. O novo Languito está mais despido, com o nome no peito e um rosto mais simpático. A crista e a “papada” vermelha realçam as características de uma ave que promete voltar a ser o “xodó” da criançada.

 

“Indumentária” diferenciada para mídias sociais e ações de marketing

 

Conforme o gerente comercial da Languiru, Roberto Pulita, a tradição foi o principal argumento usado para recriar o mascote, cuja finalidade é torná-lo um representante da Languiru. “A ideia era torná-lo mais moderno e não identificá-lo como um personagem germânico, mas sim, deixá-lo com o visual de um frango jovem”, explica.

Pulita revela que a intenção é usá-lo em eventos da cooperativa, nas redes sociais e em anúncios específicos de revistas e jornais. Adianta que o boneco estará sempre com a vestimenta original de um frango simpático e alegre que vai divertir todas as idades. “Vamos vestir o Languito de acordo com as datas comemorativas, mas será somente nas imagens a serem utilizadas nas mídias sociais, anúncios de jornais e revistas. Queremos atingir o público infantil, proporcionando brincadeiras como pintar a imagem do mascote, achar os sete erros e fazer mais coisas, quem sabe até uma revistinha do Languito”, adianta.

 

26 anos de Languito

 

O Languito foi lançado durante um baile de casais que ocorreu em setembro de 1992, no antigo pavilhão social (depósito do Agrocenter Languiru – Insumos), em Teutônia. Foi criado para contribuir na divulgação dos produtos do Frigorífico de Aves e herdou o nome de um frango de 600g chamado justamente de “Languito”. O traje era composto por uma roupa típica de imigrante alemão, cujo propósito era homenagear as raízes germânicas dos fundadores e região onde nasceu a Cooperativa Languiru.

O boneco participava de eventos em todo o Estado, porém, a maioria das aparições ocorriam em ações pontuais no Vale do Taquari. Costumava estar presente em aniversários, feiras municipais e celebrações esportivas.

 

 

TEXTO – Éderson Moisés Käfer e Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Aprendizado no campo

Programa Aprendiz Cooperativo concilia teoria com prática nas propriedades rurais

Clinic Care

Farmácias Languiru oferecem serviços especiais aos associados e clientes

Campanha

Languiru e Shopping Lajeado realizam promoção que sorteia R$ 34 mil em vales-compras

Futuro no campo

Languiru recebe inscrições para terceira edição do Programa de Sucessão Familiar

Inovação

Lançamento de plataforma digital para o agro ocorre no dia 20 de abril

Melhoramento genético

Chegou versão atualizada do Catálogo de Touros

Sucessão Rural

A satisfação pelo trabalho motiva os jovens a seguirem no agronegócio familiar

Inovação RS

Leite Languiru Origem é destaque em alimentos e bebidas premium

Desempenho

Em assembleia digital, Languiru apresenta faturamento histórico de R$ 1,8 bilhão

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.