Notícias

A alegria contagiante do Languito está de volta

24/09/2018

A sua presença em eventos de dimensão regional ou estadual era uma constante na década de 1990 e início dos anos 2000. Não tinha como passar despercebido, com carisma que empolgava o público. Chegando de surpresa ou com hora marcada, crianças, adultos e idosos logo abriam o sorriso quando ele aparecia. A simpatia sempre foi uma marca do Languito, a tradicional ave mascote da Cooperativa Languiru.

Tradicional mascote da cooperativa fez sua reaparição no mês de agosto (Fotos: Luísa Schardong)

Ele esteve sumido por um tempo, tirando umas férias, mas voltou renovado depois de trabalho desenvolvido pela Área Comercial em conjunto com o setor de Marketing. Esqueça aquele boneco trajado como um legítimo imigrante germânico com sapato-de-pau, bermuda típica e chapéu tirolês com penas. O novo Languito está mais despido, com o nome no peito e um rosto mais simpático. A crista e a “papada” vermelha realçam as características de uma ave que promete voltar a ser o “xodó” da criançada.

 

“Indumentária” diferenciada para mídias sociais e ações de marketing

 

Conforme o gerente comercial da Languiru, Roberto Pulita, a tradição foi o principal argumento usado para recriar o mascote, cuja finalidade é torná-lo um representante da Languiru. “A ideia era torná-lo mais moderno e não identificá-lo como um personagem germânico, mas sim, deixá-lo com o visual de um frango jovem”, explica.

Pulita revela que a intenção é usá-lo em eventos da cooperativa, nas redes sociais e em anúncios específicos de revistas e jornais. Adianta que o boneco estará sempre com a vestimenta original de um frango simpático e alegre que vai divertir todas as idades. “Vamos vestir o Languito de acordo com as datas comemorativas, mas será somente nas imagens a serem utilizadas nas mídias sociais, anúncios de jornais e revistas. Queremos atingir o público infantil, proporcionando brincadeiras como pintar a imagem do mascote, achar os sete erros e fazer mais coisas, quem sabe até uma revistinha do Languito”, adianta.

 

26 anos de Languito

 

O Languito foi lançado durante um baile de casais que ocorreu em setembro de 1992, no antigo pavilhão social (depósito do Agrocenter Languiru – Insumos), em Teutônia. Foi criado para contribuir na divulgação dos produtos do Frigorífico de Aves e herdou o nome de um frango de 600g chamado justamente de “Languito”. O traje era composto por uma roupa típica de imigrante alemão, cujo propósito era homenagear as raízes germânicas dos fundadores e região onde nasceu a Cooperativa Languiru.

O boneco participava de eventos em todo o Estado, porém, a maioria das aparições ocorriam em ações pontuais no Vale do Taquari. Costumava estar presente em aniversários, feiras municipais e celebrações esportivas.

 

 

TEXTO – Éderson Moisés Käfer e Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Dia do Colono e do Motorista

No campo, a tecnologia. Na estrada, a fé

Gratidão ao cooperativismo

“Eu sei mais ou menos como é o céu, é tão bonito, tão leve”

Tecnologia

Aplicativo reúne e fornece informações sobre captação de leite na propriedade rural

Dia C

Languiru lança segunda edição de projeto de gastronomia direcionado a comunidades carentes

Gestão e Liderança Cooperativa

Languiru inicia nova edição de curso previsto no Estatuto e Sistema de Governança

Expansão

Cooperativa Languiru inicia coleta de leite na Região Sul do Estado

Segurança pública

Languiru auxilia nas reformas do Presídio Estadual de Lajeado

Curso de Sucessão Familiar

“Eu quero ficar aqui, seguir em frente, investir e aumentar a produtividade”

Agrocenter

Languiru investe em loja modelo para o segmento de máquinas e implementos agrícolas

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.