Notícias

63 anos – Languiru mira horizonte promissor com reconhecimento local e nacional

16/11/2018

Foi um dia para se divertir com a família, rever os amigos, saborear um “baita” churrasco e curtir uma animada trilha sonora. Mas também foi momento de reflexão coletiva sobre o ano prestes a encerrar, para se surpreender com as conquistas e voltar para casa com a alma “renovada”. Esses foram os ingredientes da festa de aniversário de 63 anos da Cooperativa Languiru, comemoração que ocorreu no dia 13 de novembro, no pavilhão social da Associação dos Funcionários da Languiru, em Teutônia. Em torno de 600 pessoas participaram dos festejos entre associados, convidados, representantes da imprensa, lideranças, dirigentes de cooperativas e de entidades parceiras da Languiru.

Mais de 600 pessoas prestigiaram evento de comemoração pelos 63 anos da cooperativa (Fotos: Leandro Augusto Hamester)

Já na recepção ao público percebia-se que um dia marcante estava por vir. Ao ingressarem no espaço para o evento pelo pórtico inflável, os associados foram recepcionados por colaboradores dos setores de Comunicação, Marketing e Cooperativismo e do Departamento Técnico. Enquanto que eles foram presenteados com um boné da cooperativa, elas ganharam um boné feminino, caracterizado pelas abas mais largas, para se protegerem do sol nos dias quentes de verão, além de caderno especial sobre o cooperativismo. Quem também deu as boas-vindas foi o Languito, tradicional mascote da cooperativa que recebeu os associados com toda a simpatia, inclusive sendo requisitado para fotos com os produtores rurais.

 

Agronegócio, política, motivação e intercooperação

Presidente Dirceu Bayer

 

A programação iniciou com discurso do presidente da Cooperativa Languiru, Dirceu Bayer, que saudou a presença de centenas de associados e seus familiares. Observou que essa expressiva participação evidenciava a satisfação dos produtores rurais com o trabalho da cooperativa. “Hoje é um dia festivo. Nós trabalhamos, nós suamos, mas temos que nos divertir também”, disse.

Lamentou que, em 2018, o agronegócio foi prejudicado em função de questões políticas no Brasil. Condenou a estagnação da economia nacional e a marca de 13 milhões de desempregados no país. “Todos os setores estão com o ‘freio de mão puxado’”, sintetizou. Apesar desse cenário, comentou que existem perspectivas animadoras para 2019. Nesse sentido, falou da cotação do Dólar e o quanto a sua estabilidade é importante para a economia, recuperando o poder de consumo do mercado. Ainda complementou que, devido ao valor dos insumos em 2017, o custo de produção ficou elevado. “A projeção é de que, a partir de agora, o custo de produção comece a cair”, emendou.

Conjunto Instrumental do Colégio Teutônia apresentou-se durante o almoço de confraternização

Por outro lado, Bayer vibrou com o fato da cooperativa ter conquistado o reconhecimento de marca mais lembrada no Vale do Taquari, posto alcançado no Prêmio Top 100, e também o troféu da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), reconhecendo o Programa de Inclusão Social e Produtiva no Campo no 1º lugar em premiação nacional na categoria fidelização. Com os troféus em mãos, destacou a liderança nos segmentos de carnes de aves e de suínos, além de ser uma das marcas de leite mais queridas pelos consumidores no Top 100, e ressaltou que “fomos a única cooperativa gaúcha a receber este prêmio nacional da OCB”.

Pedro Ernesto Denardin e Banda trouxeram show com canções do tradicionalismo gaúcho, para alegria do Languito, que até arriscou alguns passos de dança

Por fim, o presidente trouxe informações sobre o projeto de intercooperação entre Languiru e Dália, de Encantado. “As cooperativas precisam se unir para tornarem-se ainda mais fortes e obterem mais vantagens para os seus negócios”, esclareceu.

 

Almoço com música instrumental e gauchesca

 

Após o discurso do presidente, foi servido o almoço de confraternização, animado pelo Conjunto Instrumental do Colégio Teutônia. Os jovens instrumentistas protagonizaram um espetáculo musical que sensibilizou os associados. Na sequência, a programação continuou com show de Pedro Ernesto Denardin e Banda, conjunto liderado pelo narrador da Rádio Gaúcha. Depois de puxar o “Parabéns”, o comunicador fez questão de elogiar a logística de distribuição da Languiru. “Quando vou no meu sitio descansar e resolvo fazer compras, em praticamente todos os supermercados, encontro os produtos da Languiru. Estou plenamente satisfeito, não só pela qualidade, mas também pela eficiente distribuição dos produtos”, relatou. O show, com canções do tradicionalismo gaúcho, também contou com a participação do humorista Iotti, popular “Radicci”. Durante a apresentação da banda, foi servida aos associados a torta que comemorou os 63 anos da Languiru.

Dernardin (d) e o humorista Iotti, popular “Radicci”, animaram o públic

 

Primeiro sorteio da Temporada de Prêmios Languiru

 

Para finalizar a programação, foi realizado o primeiro sorteio da Temporada de Prêmios Languiru 2018. Estreando urna giratória especialmente desenvolvida para esses sorteios, o mesmo foi conduzido pelo comentarista de arbitragem da Rádio Gaúcha, Diori Vasconcelos. Neste primeiro sorteio, foram reunidas mais de um milhão de cautelas, o que já representa um incremento de 15% em relação à última edição da promoção.

Urna giratório desenvolvida especialmente para os sorteios foi apresentada e aprovada

O vale-compras de R$ 500,00 foi para Ademar Wolfart, morador do Bairro Canabarro, município de Teutônia, com cautela recebida no Supermercado Languiru do Bairro Canabarro. O vale-compras de R$ 750,00 foi para Jacir Sachett, associado morador de Picada Serra, município de Marques de Souza, com cupom obtido no Agrocenter Languiru de Arroio do Meio.

Um dos vales-compras de R$ 1 mil foi para João Daniel Berwanger, associado residente em Linha Lenz, município de Estrela, que recebeu sua cautela no Agrocenter Languiru – Insumos, do Bairro Languiru. O outro vale-compras de R$ 1 mil foi para Éderson Dickel, associado residente em Linha Germano, município de Teutônia, com cupom retirado na Fábrica de Rações, em Estrela.

Primeiro sorteio da Temporada de Prêmios Languiru 2018 ocorreu durante programação de 63 anos da cooperativa

Já o prêmio mais aguardado, uma camionete Montana 1.4 LS, modelo 2019, zero quilômetro, foi para Noeli Teresinha Korte, moradora de Poço das Antas. O cupom da felizarda foi recebido no Supermercado Languiru de Poço da Antas.

 

 

 

 

TEXTO – Éderson Moisés Käfer e Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Lançamento

Languiru apresenta os Soltinhos de Frango, mais facilidade e praticidade na cozinha

Aprendizado no campo

Programa Aprendiz Cooperativo concilia teoria com prática nas propriedades rurais

Clinic Care

Farmácias Languiru oferecem serviços especiais aos associados e clientes

Campanha

Languiru e Shopping Lajeado realizam promoção que sorteia R$ 34 mil em vales-compras

Futuro no campo

Languiru recebe inscrições para terceira edição do Programa de Sucessão Familiar

Inovação

Lançamento de plataforma digital para o agro ocorre no dia 20 de abril

Melhoramento genético

Chegou versão atualizada do Catálogo de Touros

Sucessão Rural

A satisfação pelo trabalho motiva os jovens a seguirem no agronegócio familiar

Inovação RS

Leite Languiru Origem é destaque em alimentos e bebidas premium

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.