Notícias

500 Maiores do Sul – Ranking posiciona a Languiru como a segunda maior cooperativa de produção do Rio Grande do Sul

09/12/2020

O novo ranking 500 Maiores do Sul, elaborado pelo Grupo Amanhã e consultoria da PwC, foi apresentado oficialmente no dia 08 de dezembro, em coletiva de imprensa. Considerando as cooperativas de produção do Rio Grande do Sul, a Languiru assume o 2º lugar, atrás apenas da coirmã Cotrisal, de Sarandi. Entre as 100 maiores empresas do Estado, cooperativas ou não, a Languiru evolui uma posição e está no 44º lugar. Em se tratando da região Sul, segue na posição 118. Esse desempenho mantém a Languiru como a maior organização com sede no Vale do Taquari a figurar no ranking.

O anuário destaca empresas líderes do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além das 500 consideradas emergentes, tomando como referência o desempenho econômico no exercício de 2019.

Sócio da PwC Brasil, Rafael Biedermann (e), e diretor da Revista e Portal Amanhã, Eugênio Esber, apresentaram ranking em coletiva de imprensa virtual (Foto: Reprodução Grupo Amanhã/500 Maiores do Sul)

 

Crescimento

 

“O ranking considera indicadores de 2019, mas a pandemia de 2020 impôs uma nova realidade e ajustes de planejamento, ao mesmo tempo em que valorizou o sistema de governança e a diversificação, que permitem à Languiru estabilidade na crise. Apesar das dificuldades, projetamos crescimento de 25% no exercício, com faturamento bruto de R$ 1,8 bilhão”, avalia o presidente Dirceu Bayer.

Essa “caminhada” deve seguir em 2021. “A Languiru está atenta ao crescimento de sua estrutura e do quadro social, além de novos projetos, como a queijaria, mais uma oportunidade para associados e futuras gerações, que têm a possibilidade de crescer junto com a cooperativa da qual são donos. O cooperativismo é muito representativo no desenvolvimento econômico e social, refletindo na geração de empregos, renda e impostos”, conclui.

 

500 Maiores do Sul

 

“Os balanços de 2019 retratam um momento de mudança. Na próxima edição teremos uma leitura do desempenho em 2020, ano difícil e complexo. Vemos pela criatividade e empenho de todos que em 2021 inicia uma nova etapa da economia”, destaca o presidente do Grupo Amanhã, Jorge Polydoro.

Sócio da PwC Brasil, Rafael Biedermann valoriza o desempenho das cooperativas de produção, especialmente seus processos de industrialização da matéria-prima. “Percebemos a força do setor cooperativo com a melhora na governança. No geral, os resultados desta edição denotam, mesmo com os desafios enfrentados, a pujança da economia da região Sul, com crescimento na comparação à última edição do ranking.”

O anuário 500 Maiores do Sul se baseia no Valor Ponderado de Grandeza (VPG). O índice considera o patrimônio líquido (50% no cálculo do VPG), a receita líquida (40%) e o lucro líquido ou prejuízo (10%).

 

 

 

TEXTO – Leandro Augusto Hamester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras notícias

Temporada de Prêmios Languiru

Ganhadores do primeiro sorteio recebem premiação

Cadeia leiteira

Fórum Tecnológico do Leite traz ciclo de palestras online

Temporada de Prêmios Languiru 2021

Sorteados primeiros vales-compras e motocicleta

“Somos penta”

Prêmio Exportação RS reconhece trabalho da Languiru no segmento alimentos

Tecnologia no campo

Languiru oferece curso gratuito de inclusão digital aos seus associados

Aprendiz Cooperativo do Campo

Nova turma participa de atividades teóricas e práticas até janeiro de 2023

Líderes de Núcleo

Desempenho e investimentos pautam reunião online

Amplo e moderno

Apresentado novo Agrocenter Máquinas

Encontro Mulheres Cooperativistas

Languiru disponibiliza vagas gratuitas limitadas

Ao continuar a utilizar o nosso website você concorda com a nossa política de privacidade.